Imprensa livre e independente
24 de novembro de 2016, 12h08

3 anos do ‘helicoca’: apreensão de helicóptero dos Perrella com 450 kg de cocaína faz aniversário

No dia 24 de novembro de 2013, a Polícia Federal interceptou a aeronave que pertencia à empresa do então deputado estadual Gustavo Perrella (SD-MG), filho do senador Zezé Perrella (PTB-MG). Nenhum dos dois responderam judicialmente. Hoje, Gustavo é Secretário Nacional do Futebol, no governo Temer

No dia 24 de novembro de 2013, a Polícia Federal interceptou a aeronave que pertencia à empresa do então deputado estadual Gustavo Perrella (SD-MG), filho do senador Zezé Perrella (PTB-MG). Nenhum dos dois responderam judicialmente. Hoje, Gustavo é Secretário Nacional do Futebol, no governo Temer Da Redação Era um domingo, 24 de novembro, quando a Polícia Federal fez a apreensão de 450 kg dentro de um helicóptero perto da cidade de Afonso Cláudio, no interior do Espírito Santo. A aeronave pertencia à Limeira Agropecuária, empresa do deputado estadual por Minas Gerais Gustavo Perrella (SDD), filho do senador e ex-presidente do...

No dia 24 de novembro de 2013, a Polícia Federal interceptou a aeronave que pertencia à empresa do então deputado estadual Gustavo Perrella (SD-MG), filho do senador Zezé Perrella (PTB-MG). Nenhum dos dois responderam judicialmente. Hoje, Gustavo é Secretário Nacional do Futebol, no governo Temer

Da Redação

Era um domingo, 24 de novembro, quando a Polícia Federal fez a apreensão de 450 kg dentro de um helicóptero perto da cidade de Afonso Cláudio, no interior do Espírito Santo. A aeronave pertencia à Limeira Agropecuária, empresa do deputado estadual por Minas Gerais Gustavo Perrella (SDD), filho do senador e ex-presidente do Cruzeiro Zezé Perrella (PTB-MG).

A aeronave da família Perrella era um Robinson 66 (R-66) – à venda por 2 milhões de reais. Estavam na aeronave o piloto Rogério Almeida Antunes, o copiloto Alexandre José de Oliveira Júnior, Everaldo Lopez Souza e Robson Ferreira Dias.

Rogério Almeida Antunes era funcionário da agropecuária, trabalhou para o senador Zezé Perrella e o deputado estadual Gustavo Perrella durante cerca de um ano. Recebia salário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. A despesa com combustível do helicóptero era reembolsada pela Assembleia Legislativa. Em um ano, os reembolsos somaram cerca de R$ 15 mil.

Veja também:  MEC deve anunciar plano de mensalidade para universidades federais

A Fórum precisa do apoio de seus leitores. Fique sócio!

O piloto Rogério, o copiloto e os dois interceptadores da droga chegaram a ficar presos, foram liberados em abril de 2014 e aguardam julgamento em liberdade.

Aeroporto de Cláudio
Três horas e meia antes da apreensão pela polícia, o helicóptero teria parado para abastecer a 14 quilômetros da pista de Cláudio, que pertence à família de Aécio Neves. O aeroporto foi construído pelo governo de Minas na gestão de Aécio, que gastou 14 milhões de reais, num município de 25 mil habitantes.

3 anos depois
Sem muito destaque na mídia tradicional, o caso do “helicoca” como ficou conhecido na internet, ficou esquecido, sem que houvesse respostas para a origem e destino da cocaína. O portal Diário do Centro do Mundo recebeu ordem judicial para retirar do ar suas reportagens investigativas sobre a apreensão. Um estudante chegou a ser expulso de um debate onde o ex-candidato à Presidência da República Aécio Neves participava, ao perguntar sobre o caso.

Zezé Perrela foi indicado para compor a comissão que avaliou o processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff no Senado. Ele ainda fez campanha em apoio à Polícia Federal.

O ex-deputado estadual Gustavo Perrella é o novo secretário nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor. A nomeação foi publicada na edição de 17 de junho do Diário Oficial da União. Vale lembrar que seu pai é um dos representantes da bancada da bola no Congresso.

Veja também:  Para Pedro Cardoso, classe média se uniu ao fundamentalismo religioso em busca de ascensão: "É fascismo"

Leia também:

Quem são os Perrella, envolvidos no “escândalo do helicóptero”

Justiça manda retirar do ar matérias sobre o “helicoca”

Justiça libera acusados de tráfico em helicóptero dos Perrella

Na mídia, a história dos 450 kg de cocaína no helicóptero dos Perrella virou pó

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum