Imprensa livre e independente
11 de abril de 2016, 16h39

Temer vaza “discurso à nação”

Vice-presidente enviou a aliados um áudio em que fala como se a abertura do processo de impeachment tivesse sido aprovada e a presidenta já estivesse afastada; peemedebista disse que mandou a mensagem por engano e que seu conteúdo era apenas um “ensaio” Da Redação Antes mesmo da Câmara dos Deputados votar o relatório que pede a abertura de processo de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff (PT), o vice-presidente Michel Temer já divulgou um áudio para aliados em que fala como presidente da República. Nele, Temer prevê um longo processo pela frente até a cassação do mandato presidencial e fala...

Vice-presidente enviou a aliados um áudio em que fala como se a abertura do processo de impeachment tivesse sido aprovada e a presidenta já estivesse afastada; peemedebista disse que mandou a mensagem por engano e que seu conteúdo era apenas um “ensaio”

Da Redação

Antes mesmo da Câmara dos Deputados votar o relatório que pede a abertura de processo de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff (PT), o vice-presidente Michel Temer já divulgou um áudio para aliados em que fala como presidente da República. Nele, Temer prevê um longo processo pela frente até a cassação do mandato presidencial e fala de sua “confiança nos senadores”.

No áudio, uma espécie de discurso a ser feito caso a presidenta seja afastada e o vice assuma enquanto a comissão processante estiver em andamento, Temer afirma que está fazendo seu “primeiro pronunciamento à nação” e que decidiu falar “agora, quando a Câmara dos Deputados decide por uma votação significativa declarar a autorização para a instauração de processo de impedimento contra a senhora presidente”. A votação está prevista para ser realizada no próximo domingo.

Veja também:  Bolsonaro agora quer levar luta contra "ideologia de gênero" para Direitos Humanos da ONU

Segundo ele, “muitos me procuraram para que eu desse pelo menos uma palavra preliminar à nação brasileira, o que faço com muita cautela, modéstia e moderação, mas também em face da minha condição de vice-presidente e também como substituto constitucional da senhora presidente da República”.

Ao jornal Folha de S.Paulo, a assessoria de Temer confirmou a veracidade do áudio, mas disse que a mensagem foi na verdade um ensaio feito pelo vice-presidente, gravado em seu celular e enviado por engano aos deputados.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum