Categorias: Blog do George Marques Política

Ação popular pede que Jair Bolsonaro seja proibido de nomear o filho para cargo de embaixador

Os autores do pedido sustentam que o Presidente da República feriu a lei ao indicar um parente para o cargo de embaixador

Por
George Marques @GeorgMarques
-
12/07/2019 15:41
Compartilhar

Uma ação popular protocolada na tarde desta sexta-feira (12), na 17ª Vara Federal Cível de Brasília, solicita que o Poder Judiciário se manifeste e proíba que o presidente Jair Bolsonaro nomeei o seu próprio filho, Eduardo Bolsonaro, para a função de embaixador do Brasil em Washington, nos Estado Unidos.

Os autores do pedido sustentam que o Presidente da República feriu a lei ao indicar um parente para o cargo. A nomeação do próprio filho do presidente para uma embaixada não tem precedentes na história da diplomacia brasileira desde a Proclamação da República. Para ser embaixador, Eduardo Bolsonaro deverá ser aprovado pelo Senado.

“Como demonstrado, não bastasse a completa violação aos princípios da Moralidade Administrativa e da Impessoalidade, o Presidente da República, aparentemente, articula com aliados para que o filho não seja ‘prejudicado’ com a renúncia do mandato”, diz trecho da ação que é assinada pelos advogados Bertoldo Klinger Barros Rêgo Neto e Adil Lucena Carvalho.

“A nosso sentir, toda a situação mostra-se lesiva aos princípios inerentes à administração e constitui, também, total desvio de finalidade, ante a articulação que se pretende e que foi citada acima”, afirmam.

Projeto de lei contra nomeação

Conforme noticiado pelo blog mais cedo, o deputado federal Marcelo Calero (Cidadania-RJ) reagiu e protocolou um projeto de lei para proibir que pessoas de fora da carreira diplomática chefiem missões brasileiras no exterior.

“A aceitação desse tipo de missão é recado duro ao povo brasileiro, pois ao mesmo tempo representa nepotismo com desprestígio da carreira de diplomata”, disse Calero, ex-ministro da Cultura do governo Temer que é concursado no Itamaraty. “Por mais com competente que o Eduardo Bolsonaro seja, trata-se de nepotismo”, afirmou.

Chanceler informal

Desde o início do governo do pai Eduardo Bolsonaro se comporta como uma espécie de “chanceler informal”. Apesar de o cargo ser ocupado oficialmente por Ernesto Araújo, ministro de Relações Exteriores, Eduardo acompanha o pai em quase todas as suas viagens internacionais e tem mais interlocução com lideranças estrangeiras que o próprio chefe do Itamaraty.

Em março, por exemplo, durante a visita viagem aos EUA, o fato de Eduardo ter permanecido na sala durante a reunião entre Bolsonaro e Trump, sem a presença de Araújo, causou mal estar entre a diplomacia brasileira.

Desde a exoneração de Sergio Amaral, há três meses, que o Brasil está sem representação diplomática em Washington.

Faça o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e teve tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo sério e rigoroso a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais. Mas o momento político exige mais da Fórum. Fique sócio e nos ajude a investir para fazer um jornalismo ainda melhor. Esse é o nosso compromisso.

Apoie a Fórum
George Marques @GeorgMarques

Jornalista e Relações Públicas pela Faculdade JK de Brasília. É também especialista em comunicação pública e comunicação política no legislativo, tendo já sido indicado ao Prêmio Comunique-se de Jornalismo Político. Já trabalhou na cobertura de política para o site The Intercept Brasil e Metrópoles. É colunista da Fórum.

Última hora

  • Notícias
  • Vaza Jato

Órgão do MPF se manifesta contra ações de Dallagnol na Vaza Jato

Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão não poupou nas críticas; essa é a primeira vez membros do MPF se pronunciaram…

15/07/2019 22:39
  • Notícias
  • o colunista
  • Opinião

Dois anos de reforma trabalhista: 14 coisas que você perdeu

Cleber Lourenço: “Com a alta do desemprego após dois anos de aprovação da reforma, a mesma ainda permite você negociar…

15/07/2019 22:31
  • Brasil
  • Notícias

Livro desvenda a face agrária de trajetória política de Fernando Henrique Cardoso

O observatório De Olho nos Ruralistas e a editora Autonomia Literária acabam de lançar a obra “O Protegido – por…

15/07/2019 21:45
  • Notícias
  • Vaza Jato

Toffoli quer que Moro e Polícia Federal digam se há investigação contra Glenn

A PF, subordinada a Moro, teria pedido ao Coaf um relatório das atividades financeiras do editor do The Intercept

15/07/2019 21:35
  • Notícias
  • Vaza Jato

Jornal Nacional ignora novas revelações da Vaza Jato

Vazamentos que envolvem Sérgio Moro e Deltan Dallagnol não tiveram espaço no noticiário da Rede Globo

15/07/2019 21:29
  • Notícias
  • Política

Dallagnol é destaque junto com Anitta em evento de palestras motivacionais em Curitiba

Flagrado em conversas comprometedoras, que dão conta das intenções de lucrar com a Lava Jato por meio de palestras, procurador…

15/07/2019 21:01