Imprensa livre e independente
04 de abril de 2019, 22h02

Adnet “trolla” Moro no Twitter: “Vim do futuro. Posso provar”

Humorista brincou com o ministro da Justiça, que anunciou sua estreia no Twitter segurando um calendário de abril para “provar” que a conta era dele mesmo; postagem de Moro virou motivo de piada nas redes sociais

O ator e humorista Marcelo Adnet deu uma “trollada” no ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, na noite desta quinta-feira (4). Adnet postou em seu Twitter uma “selfie”, segurando um calendário do mês de junho de 2019 e escreveu: “Vim do futuro. Posso provar!”. Vim do futuro. Posso provar! pic.twitter.com/PruShYK40g — Marcelo Adnet (@MarceloAdnet) 4 de abril de 2019 A brincadeira foi motivada pelo próprio Moro, que estreou no Twitter nesta quinta-feira (4). O ministro da Justiça de Bolsonaro usou um calendário de abril para “provar” que a conta era dele mesmo. Foto: Reprodução Moro afirmou que decidiu...

O ator e humorista Marcelo Adnet deu uma “trollada” no ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, na noite desta quinta-feira (4). Adnet postou em seu Twitter uma “selfie”, segurando um calendário do mês de junho de 2019 e escreveu: “Vim do futuro. Posso provar!”.


A brincadeira foi motivada pelo próprio Moro, que estreou no Twitter nesta quinta-feira (4). O ministro da Justiça de Bolsonaro usou um calendário de abril para “provar” que a conta era dele mesmo.

Foto: Reprodução

Moro afirmou que decidiu aderir à rede social por ser um instrumento poderoso de comunicação”, e que irá usar o perfil para “divulgar os projetos e as propostas do Ministério”.

Uma hora depois de anunciar seu ingresso no Twitter, Moro já tinha mais de 50 mil seguidores. Ele, inicialmente, estava seguindo cinco perfis: Polícia Federal, Procuradoria Geral da República, Ministério da Justiça e Segurança Pública, Polícia Rodoviária Federal e o de Bolsonaro.

Veja também:  Aos 95 anos, morre a mãe da ex-presidenta Dilma Rousseff

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum