Imprensa livre e independente
19 de setembro de 2018, 12h59

Amoêdo sobre o voto útil de Alckmin: “PSDB perde para o PT há 16 anos”

Amoêdo diz ainda que “mesmo com o maior tempo de TV e usando mais dinheiro público do que os demais candidatos – (Alckmin) anda caindo pelas tabelas"

João Amoêdo. Foto: Reprodução/TV Cultura
O presidenciável João Amoêdo (Novo), que conta com 2% das intenções de votos na última pesquisa Ibope, resolveu partir para cima de Geraldo Alckmin (PSDB). O Banner de Amoêdo. Foto: Reprodução Amoêdo postou, em sua conta no Facebook, nesta quarta-feira (19): “Alckmin sugere que eleitores de outros candidatos devem migrar o seu voto para ele, que seria o único capaz de derrotar o PT. Alckmin ‘esquece’ que o PSDB perde para o PT há 16 anos”. Amoêdo diz ainda que “mesmo com o maior tempo de TV e usando mais dinheiro público do que os demais candidatos – (Alckmin) anda...

O presidenciável João Amoêdo (Novo), que conta com 2% das intenções de votos na última pesquisa Ibope, resolveu partir para cima de Geraldo Alckmin (PSDB).

O Banner de Amoêdo. Foto: Reprodução

Amoêdo postou, em sua conta no Facebook, nesta quarta-feira (19): “Alckmin sugere que eleitores de outros candidatos devem migrar o seu voto para ele, que seria o único capaz de derrotar o PT. Alckmin ‘esquece’ que o PSDB perde para o PT há 16 anos”.

Amoêdo diz ainda que “mesmo com o maior tempo de TV e usando mais dinheiro público do que os demais candidatos – (Alckmin) anda caindo pelas tabelas.

Ao final, é claro, Amoêdo, que – lembremos – tem 2% das intenções de votos na última pesquisa Ibope diz que “A única opção de renovação verdadeira é o NOVO”.

Veja também:  Leilão da Lava Jato no Rio tem lancha de Sérgio Cabral e Lamborghini de Eike Batista

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum