Imprensa livre e independente
14 de novembro de 2015, 00h47

Após atentados, prefeitura de Paris decreta toque de recolher

No sábado (14), anunciou agora há pouco no Twitter a prefeitura, todos os equipamentos da cidade estarão fechados: escolas, museus, bibliotecas, ginásios, mercados, clubes. Mais de cem mortes foram registradas durante os atentados desta terça-feira (13)

Neste sábado (14), anunciou agora há pouco no Twitter a prefeitura, todos os equipamentos da cidade estarão fechados: escolas, museus, bibliotecas, ginásios, mercados, clubes. Mais de cem mortes foram registradas durante os ataques desta sexta-feira (13) Da Agência Brasil A prefeitura da cidade de Paris decretou toque de recolher depois das explosões e tiroteios em sete pontos da cidade, ocorridos na noite desta sexta-feira (13). Amanhã (14), anunciou agora há pouco no Twitter a prefeitura, todos os equipamentos da cidade estarão fechados: escolas, museus, bibliotecas, ginásios, mercados, clubes. “Para os que estão em suas casas, perto ou no lugar do...

Neste sábado (14), anunciou agora há pouco no Twitter a prefeitura, todos os equipamentos da cidade estarão fechados: escolas, museus, bibliotecas, ginásios, mercados, clubes. Mais de cem mortes foram registradas durante os ataques desta sexta-feira (13)

Da Agência Brasil

A prefeitura da cidade de Paris decretou toque de recolher depois das explosões e tiroteios em sete pontos da cidade, ocorridos na noite desta sexta-feira (13).

Amanhã (14), anunciou agora há pouco no Twitter a prefeitura, todos os equipamentos da cidade estarão fechados: escolas, museus, bibliotecas, ginásios, mercados, clubes.

“Para os que estão em suas casas, perto ou no lugar do trabalho, recomenda-se não sair. Aos estabelecimentos públicos que reforçem sua segurança e que acolham aqueles que precisem”, publicou a prefeitura em seu site. Também foi solicitado à população que interrompa qualquer evento social em curso.

Todas as estações de metrô foram fechadas, algumas delas fazem intersecção com a Gare du Nord, a principal estação de trem de Paris. Algumas linhas de ônibus e trem também foram suspensas.

Veja também:  Vaza Jato: Dallagnol queria falar do PT, mas não de Flávio Bolsonaro e Queiroz

No Twitter, a prefeitura atualiza dados sobre as medidas tomadas diante do atentado que matou mais de 100 pessoas. Para os turistas, o número disponibilizado é o 33 (0) 1 45 55 80 00 e, para os parisienses, 0800 40 60 05. A rádio da cidade 107,1 FM está atualizando as informações.

(Foto: Reprodução/Le Monde)

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum