Imprensa livre e independente
12 de julho de 2019, 22h28

Após ter dente arrancado, Bolsonaro deverá passar três dias sem falar

Apesar do descanso forçado, recomendado pelos médicos, o presidente espera receber algumas visitas na residência presidencial, como Eduardo Bolsonaro; ambos deverão tratar da sua indicação como embaixador do Brasil nos Estados Unidos

Foto: Arquivo/Agência Brasil
O presidente Jair Bolsonaro sofreu uma intervenção odontológica nesta sexta-feira (12), na qual teve um de seus dentes arrancado. A operação teria sido bem-sucedida, mas os médicos responsáveis recomendaram ao mandatário que evite falar durante os próximo três dias, que seria o período normal de repouso em casos como este. Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo Por essa razão, o presidente cancelou uma visita a Florianópolis e mudou sua agenda também para o fim de semana, durante o qual deve permanecer no Palácio da Alvorada. Mesmo na segunda-feira (15),...

O presidente Jair Bolsonaro sofreu uma intervenção odontológica nesta sexta-feira (12), na qual teve um de seus dentes arrancado. A operação teria sido bem-sucedida, mas os médicos responsáveis recomendaram ao mandatário que evite falar durante os próximo três dias, que seria o período normal de repouso em casos como este.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Por essa razão, o presidente cancelou uma visita a Florianópolis e mudou sua agenda também para o fim de semana, durante o qual deve permanecer no Palácio da Alvorada. Mesmo na segunda-feira (15), quando deve voltar ao trabalho, a agenda do presidente deverá contar com atividades restritas ao Palácio do Planalto.

Apesar do descanso forçado, Bolsonaro espera receber algumas visitas na residência presidencial, não só de alguns ministros como do seu filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), na qual se presume que será tratado o tema da sua indicação como embaixador do Brasil nos Estados Unidos.

Veja também:  O trabalho infantil não pode ser romantizado, por Sol Massari

O evento em Florianópolis, no qual Bolsonaro não poderá mais participar, não será cancelado: acontecerá na próxima segunda-feira (15), e contará com a presença do ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. O presidente só voltará às atividades fora de Brasília na quarta-feira (17), quando viajará à Argentina, para participar da Cúpula do Mercosul.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum