Imprensa livre e independente
08 de julho de 2019, 13h25

Após vitória, premiê conservador toma posse na Grécia com promessa de criar empregos

O partido Nova Democracia, de Kyriakos Mitsotakis, obteve 158 dos 300 assentos do Parlamento

Foto: Reprodução/YouTube
O conservador Kyriakos Mitsotakis tomou posse, nesta segunda-feira (8), como primeiro-ministro da Grécia, depois de ganhar as eleições com uma campanha baseada em criar empregos e atrair investimentos ao país atingido pela crise. O partido Nova Democracia, de Mitsotakis, obteve 158 dos 300 assentos do Parlamento. As promessas de maiores investimentos, empregos bem remunerados e menos impostos seduziram a maioria dos gregos, desgastados pelos anos de austeridade prescrita pela União Europeia e pelo nível de desemprego mais alto da zona do euro. Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo “Hoje...

O conservador Kyriakos Mitsotakis tomou posse, nesta segunda-feira (8), como primeiro-ministro da Grécia, depois de ganhar as eleições com uma campanha baseada em criar empregos e atrair investimentos ao país atingido pela crise.

O partido Nova Democracia, de Mitsotakis, obteve 158 dos 300 assentos do Parlamento. As promessas de maiores investimentos, empregos bem remunerados e menos impostos seduziram a maioria dos gregos, desgastados pelos anos de austeridade prescrita pela União Europeia e pelo nível de desemprego mais alto da zona do euro.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

“Hoje iniciamos o trabalho duro. Eu tenho absoluta confiança em nossas habilidades de ascender à ocasião”, declarou Mitsotakis.

O novo premiê foi recebido pelo ex-primeiro-ministro Alexis Tsipras, político de esquerda, para iniciar o processo de transição.

Com informações da Reuters

Veja também:  FMI faz terrorismo eleitoral na Argentina para favorecer Macri

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum