Segunda Tela

29 de março de 2017, 17h14

Apresentadora diz que detesta “piranha que não se respeita” e é criticada por Caio Castro em entrevista

Opiniões de internautas se dividiram entre elogios ao ator e críticas ao fato de ele afirmar que transaria com uma mulher alcoolizada; confira os comentários

Por Redação

A apresentadora Antonia Fontenelle recebeu o ator Caio Castro para uma entrevista em seu canal no YouTube. Ao ouvir a resposta do artista dizendo que era normal uma mulher ficar bêbada em festas, ela retrucou: “Se eu fosse homem não comeria porque tenho nojo”.

“Nojo de quê, cara? Você fica bêbada também. Já está sendo sensacionalista. Você é machista”, rebateu ele. “Tá bom. Sou machista e detesto piranha que não se respeita. Porque c* de bêbado não tem dono”, disparou. “Mas e se ela é feliz assim?”, questionou ele. “Aí é um problema dela”, respondeu Antônia.

“Homem pode ficar bêbado na balada, por que mulher não pode? Ah, então o que você tem a ver com isso? Não f* por*!”, protestou o ator. O posicionamento de Caio Castro foi bastante comentado nas redes sociais.

Muitos internautas elogiaram a atitude de defender direitos iguais entre os gêneros. Outros, no entanto, não gostaram de ouvi-lo dizer que transaria com uma mulher bêbada, já que ela não estaria em condições de permitir ou não as investidas do rapaz.

Abaixo, confira o vídeo e a reação nas redes.

Veja também:  Felipe Neto explica por que apoia o fim do número de curtidas no Instagram

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum