Imprensa livre e independente
27 de janeiro de 2014, 11h08

Artista gay russo responde socialite criando foto “invertida”

Alexander Kargaltsev , que mora em Nova Iorque, decidiu encenar sua própria resposta ao retrato " ultrajante e de mau gosto

Alexander Kargaltsev , que mora em Nova Iorque, decidiu encenar sua própria resposta ao retrato ” ultrajante e de mau gosto” Por Redação A “resposta” de Alexander Kargaltsev (Reprodução) Alexander Kargaltsev , um fotógrafo e ativista gay da cidade de Nova Iorque, divulgou uma imagem com a sua “resposta” à socialite conterrânea Dasha Zukhova, colocando um homem negro sentado em cima de um branco. Para o fotógrafo, a imagem de Zukhova, publicada na revista Garage no último dia 20, é “ultrajante e de mau gosto”. Kargaktsev afirmou que saiu da Rússia após ser perseguido por ser gay. “Estou desapontado que...

Alexander Kargaltsev , que mora em Nova Iorque, decidiu encenar sua própria resposta ao retrato ” ultrajante e de mau gosto”

Por Redação

A “resposta” de Alexander Kargaltsev (Reprodução)

Alexander Kargaltsev , um fotógrafo e ativista gay da cidade de Nova Iorque, divulgou uma imagem com a sua “resposta” à socialite conterrânea Dasha Zukhova, colocando um homem negro sentado em cima de um branco.

Para o fotógrafo, a imagem de Zukhova, publicada na revista Garage no último dia 20, é “ultrajante e de mau gosto”. Kargaktsev afirmou que saiu da Rússia após ser perseguido por ser gay.

“Estou desapontado que a tradição de xenofobia seja tão forte no meu país que tal imagem de  Zhukova possa aparecer como se fosse normal e banal . O povo russo parece não perceber quando ofendem outras pessoas por princípio da cor, nacionalidade, orientação sexual e assim por diante”, afirmou Kargaltsev.

Segundo Zukhova, a intenção era propor uma “discussão sobre gênero e politicas raciais”. O fotógrafo não aceita a justificativa da socialite. “Me entristece profundamente ver que o racismo está sendo exaltado e, assim, fez-se não só aceitável, mas foi utilizado por nomes como o de Zhukova .”

Veja também:  Condomínios de alto padrão recebem prioridade em matrícula para escola pública

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum