Imprensa livre e independente
14 de agosto de 2018, 07h39

Colunas da Marcha Nacional Lula Livre se encontram em Brasília nesta terça-feira

A unificação das três colunas, com os 5 mil trabalhadores Rurais Sem Terra, será no centro de Brasília, próximo à fonte da Torre de TV

Marcha Nacional Lula Livre. Foto: Lula Marques/PT na Câmara
As colunas Teresa de Benguela, Prestes e Ligas Camponesas, que integram a Marcha Nacional Lula Livre, finalmente se tornarão uma só na manhã desta terça-feira (14), após os últimos 10Km a 15Km de estrada. A unificação das colunas, com os 5 mil trabalhadores Rurais Sem Terra, será no centro de Brasília, próximo à fonte da Torre de TV. Após o encontro, os marchantes se dirigirão para o estacionamento localizado entre o estádio Mané Garrincha e o ginásio Nilson Nelson, onde ficarão acampados em preparação para as atividades de registro da candidatura de Lula à presidência da República. Foto: Lula Marques/PT...

As colunas Teresa de Benguela, Prestes e Ligas Camponesas, que integram a Marcha Nacional Lula Livre, finalmente se tornarão uma só na manhã desta terça-feira (14), após os últimos 10Km a 15Km de estrada. A unificação das colunas, com os 5 mil trabalhadores Rurais Sem Terra, será no centro de Brasília, próximo à fonte da Torre de TV.

Após o encontro, os marchantes se dirigirão para o estacionamento localizado entre o estádio Mané Garrincha e o ginásio Nilson Nelson, onde ficarão acampados em preparação para as atividades de registro da candidatura de Lula à presidência da República.

Foto: Lula Marques/PT na Câmara

“Será um momento de muita mística! Vamos ver, rever e até mesmo conhecer companheiros/as de luta, que marcharam uma média de 50Km por Lula Livre e contra os retrocessos da reforma agrária e dos direitos dos trabalhadores. Temos absoluta certeza que a retomada da democracia se dá com povo na rua”, disse Rosa Maria, integrante da direção nacional do MST.

Foto: Lula Marques/PT na Câmara

Encontro de Esquivel com Cármen Lúcia

Veja também:  Substituta de Moro, Gabriela Hardt disse que delator da Odebrecht não mentiu sobre Sítio de Atibaia

Na tarde desta terça, às 14h, o Nobel da paz, Adolfo Pérez Esquivel participa de uma reunião com a presidenta do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia. Acompanhado por representantes de movimentos sociais brasileiros, Esquivel entregará o manifesto “Eleição sem Lula é Fraude”.

Foto: Lula Marques/PT na Câmara

Greve de fome

A Marcha se articula com uma série de outros movimentos populares da classe trabalhadora que lutam pela liberdade de Lula e seu direito de ser candidato. Desde o último dia 31/7, sete militantes da Via Campesina, do Levante Popular da Juventude e da Central dos Movimentos Populares (CMP) estão em greve de fome cobrando justiça ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum