Imprensa livre e independente
23 de fevereiro de 2019, 19h00

“Até meus cachorros estudaram em Yale e podem provar”, diz Débora Diniz

Pesquisadora da UnB e referência em bioética, professora ironizou a informação de que o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, mentiu sobre ser mestre em direito público pela Universidade de Yale

Foto: Carlos Moura/SCO/STF
A pesquisadora da Universidade de Brasília (UnB) Débora Diniz, referência em bioética no Brasil e no exterior, ironizou neste sábado (23), no Twitter, a informação de que o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, teria mentido sobre ser mestre em direito público pela Universidade de Yale. A informação está em matéria do The Intercept. “Até meus cachorros estudaram em Yale e podem provar”, escreveu ela. Débora publicou uma foto dos certificados dos dois mascotes como “alunos” do Centro de Cognição Canina de Yale. “Meus dois cachorros não lembram de ter cruzado com o humano-ministro que disse ter sido estudante de Yale....

A pesquisadora da Universidade de Brasília (UnB) Débora Diniz, referência em bioética no Brasil e no exterior, ironizou neste sábado (23), no Twitter, a informação de que o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, teria mentido sobre ser mestre em direito público pela Universidade de Yale. A informação está em matéria do The Intercept.

“Até meus cachorros estudaram em Yale e podem provar”, escreveu ela. Débora publicou uma foto dos certificados dos dois mascotes como “alunos” do Centro de Cognição Canina de Yale.

“Meus dois cachorros não lembram de ter cruzado com o humano-ministro que disse ter sido estudante de Yale. Se foi, mostre o diploma. O de Feijãozinho e Farinha estão aqui”, ela voltou a tuitar pouco depois.

 

Veja também:  Presidente das Filipinas desafia Trump a iniciar guerra contra a China

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum