Avatar de Daniela Lima

Daniela Lima

Daniela Lima é bacharel em filosofia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e mestranda em filosofia pela Universidade Federal Fluminense. É autora dos livros Anatomia (2012) e Sem Importância Coletiva (2014).

  • Primeiro levarão os professores

    Daniela Lima: “O fascismo não é um parêntese, uma regressão inexplicável ou uma exceção à regra do progresso. O fascismo é a regra a ser combatida e seu inimigo irredutível é o pensamento crítico”

  • Arnaldo Antunes: poesia contra o fascismo

    Daniela Lima: “Na ditadura miliar, foi a arte que rompeu a censura e ajudou a construir formas alternativas de resistência – talvez tenhamos nos esquecido disso. Mas Arnaldo, com a violência delicada de seu poema, nos lembrou”

  • Vencer o fascismo não é uma questão partidária

    Daniela Lima escreve em novo artigo: “O fascismo transforma insatisfação em ódio, ao determinar um inimigo que se torna automaticamente responsável por todas as frustrações de uma determinada coletividade”

  • A espetacularização da intervenção militar

    Será que a falsa sensação de segurança das classes mais altas por meio da intervenção militar garantirá algum capital eleitoral para um governo com índices altíssimos de rejeição?

  • Programa Bolsa família como política de emancipação feminina

    A Lei do Bolsa Família, sancionada em 2003 pelo ex-presidente Lula, define que o “pagamento dos benefícios previstos nesta Lei será feito preferencialmente à mulher”. Para muitas mulheres, o benefício garantiu possibilidades materiais de romper com relações abusivas. Em casos mais extremos, o rompimento significou a preservação da vida.

  • O controle dos corpos das gestantes como forma de prevenção do Zika

    Pouco importa que se trate ou não de utopia: temos aí um processo bem real de luta; a vida como objeto político foi de algum modo tomada ao pé da letra e voltada para o sistema que tentava controlá-la. – Michel Foucault    “Sexo é para amadores, gravidez é para profissionais” [1], a frase do ministro […]

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR