Avatar de Rudá Ricci

Rudá Ricci

Graduado em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUCSP), mestre em Ciência Política pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e doutor em Ciências Sociais pela mesma instituição. É diretor geral do Instituto Cultiva, professor do curso de mestrado em Direito e Desenvolvimento Sustentável da Escola Superior Dom Helder Câmara. Autor de Terra de Ninguém (Ed. Unicamp, 1999), Dicionário da Gestão Democrática (Ed. Autêntica, 2007), Lulismo (Fundação Astrojildo Pereira/Contraponto, 2010) e coautor de A Participação em São Paulo (Ed. Unesp, 2004), entre outros.

  • Os interesses no caso Witzel

    Rudá Ricci, em sua coluna na Fórum, levanta duas teses sobre os bastidores do afastamento do governador do Rio de Janeiro

  • O deslocamento ideológico do petismo

    Em um país com elite hiperconservadora e meios de comunicação embebidos no mesmo caldo, se os progressistas não disputam valores, acabam perdendo espaço político

  • Rudá Ricci: Não nascemos humanos

    "Nossa identidade se faz com o processo cumulativo de experiências de muitos seres humanos. Esta experiência se dá pela linguagem. Quanto mais lemos, ouvimos música, assistimos peças de teatro, frequentamos museus e galerias de arte, mais mergulhamos na experiência humana"

  • O arrependimento de Lya Luft e o social-liberalismo

    Lya é parte deste agrupamento que não se alinha ao pensamento democrático. É gente assim que nos leva ao fundo do poço desde 2015. E precisamos colocar os pingos nos "is". Não apenas em relação às celebridades, mas também, aos intelectuais

  • Um governo de extrema direita num regime democrático

    Em novo artigo, Rudá Ricci diz: “A grande maioria do país não aceita este governo e nenhuma de suas teses. Está em outro campo. O que revela que a democracia é um eterno aprendizado. Metade dos eleitores de Jair já caiu fora”

  • A juventude é mutável

    "De algum tempo para cá, a noção de juventude passou a ser plural. Agora, se fala em juventudes. O plural se refere, até aqui, às diversas identidades ou subculturas, as inúmeras tribos ou times"

  • O cheiro da morte

    “Prometo que farei uma campanha, assim que esta tragédia ceder, para processarmos judicialmente este Jair, responsabilizando-o por todas as mortes causadas por sua inação”, diz Rudá Ricci, em novo artigo

  • 8 de março: o feminino e o feminismo Wicca

    Na coluna de Rudá Ricci: "Esta é minha contribuição a este 8 de março: relembrar práticas sociais femininas que nos fazem refletir sobre outras maneiras possíveis de viver e de nos relacionar para além da objetividade agressiva masculina"

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR