Fórumcast, o podcast da Fórum

#Luiz Roberto Alves

11 de setembro de 2019, 12h12

Família e governo para não serem considerados

Luiz Roberto Alves: “Quando a sociedade organizada (oxalá muito em breve) crescer em consciência e volume de massa crítica verá que os dilemas postos serão inferiores a suas forças”


05 de setembro de 2019, 23h05

Direitos, soberania e suserania, hoje!

Luiz Roberto Alves: “O que irá dizer na ONU o senhor Jair Messias? Nada que possamos aceitar, porque ele está fundamentado num falso direito de dizer qualquer coisa que entender, como fez até agora, sem nosso referendo, permissão ou apoio”


30 de agosto de 2019, 16h34

O místico mito: há uma ditadura em nós

Luiz Roberto Alves questiona: “Que democracia é essa na qual parlamentares se vendem por emendas, isto é, constroem uma ponte ou uma escola em sua cidade pelo voto que pode fazer mal a milhões de conterrâneos?”


23 de agosto de 2019, 21h38

Jair Messias e seu grupo, entre o horror do ambiente e as mensagens de Euclides

Luiz Roberto Alves: “Carecemos de ler e reler Euclides, enquanto as elites e as massas mitificadas da sociedade injusta e desigual do Brasil, capitaneadas pelo turbo-capitalismo de tipos como Trump e Cia, se mantiverem no poder”


17 de agosto de 2019, 14h40

Não há vacina contra o ódio

Luiz Roberto Alves, em sua coluna na Fórum: "O governo da República em exercício nasceu do ódio e em seu nome o exerce"


09 de agosto de 2019, 12h21

Jair Messias, o Evangelho e os 30 milhões de evangélicos

Luiz Roberto Alves: “Ou o evangelismo nacional provoca mudanças no comportamento do presidente ou se agarra a ele como Frankenstein e afunda com ele”


04 de agosto de 2019, 18h39

A busca de precisão sobre o “Future-se” e suas conexões educacionais

Luiz Roberto Alves: “É de se esperar que nossos debates, desde os estritamente acadêmicos às audiências públicas do Congresso Nacional, tenham direção essencial, produzam documentos firmes e fortes”


29 de julho de 2019, 19h23

Ciência para superar o escárnio do governo Bolsonaro

Luiz Roberto Alves: “Galileu Galilei sempre teve razão: a terra não é plana, como não é medíocre o cérebro das novas gerações de brasileiros e brasileiras”


18 de julho de 2019, 16h29

Agentes públicos terrivelmente ignorantes

Luiz Roberto Alves: “Este, e qualquer país real em desenvolvimento, não é regido por hipérboles, mas por necessidades e desejos indispensáveis, especialmente de justiça e equidade, construtoras da paz social”


14 de julho de 2019, 19h25

Os novos deputados do velho liberalismo capitalista

Poucos meses de discurso no processo associado à Previdência brasileira foram suficientes para igualar o Novo aos demais envelhecidos, pessoas e partidos secularmente no poder


30 de junho de 2019, 15h38

A Semiótica SM-DD: uma combinatória que lava o ego e pincha a operação janela afora

Luiz Roberto Alves analisa os vazamentos divulgados pelo site The Intercept e a conduta do ex-juiz Sérgio Moro e do procurador Deltan Dallagnol


17 de junho de 2019, 06h00

Que país é esse?

Que país é esse, no qual parlamentares, ministros, empresários e economistas supõem ser possível impor o Liberalismo sobre uma humanidade brasileira tão desconhecida em sua profundidade social quanto sempre submetida a leis, normas e decretos injustos que mais ainda a tornou invisível?


11 de junho de 2019, 06h00

Supremo Tribunal Federal

Luiz Roberto Alves: “O STF é imprescindível, não pela imposição legal que o engrandece, mas por leituras inconfundíveis dos fenômenos históricos que lhe chegam às mãos para análise e resposta de amplo valor”


31 de maio de 2019, 06h14

O pacto e os pactários

Luiz Roberto Alves: “Pactuar obviedades significa falta de preparo intelectual. Melhor ouvir as mobilizações das gentes e assumir os devidos papéis sociais como executivo, legislativo e judiciário"


28 de maio de 2019, 06h00

“Eu quero um trilhão. Me deem um trilhão…”

Luiz Roberto Alves: “Guedes representa o progresso do atraso. E seus estudos em Chicago de modo algum atenuam o atraso, pois o pensamento universitário, as leituras e as pesquisas se movem a cada minuto”