Fórumcast #20

#Rodrigo Perez Oliveira

14 de agosto de 2019, 22h52

Os impactos da Vaza Jato na Lava Jato

Rodrigo Perez Oliveira “Lutando pela sobrevivência, os bons moços de Curitiba, barbeados, limpinhos, evangélicos, quase virgens, irão cada vez mais se emporcalhar no esgoto do bolsonarismo raiz”


08 de agosto de 2019, 06h00

A última esperança

Rodrigo Perez Oliveira: “O fascismo, que sempre é popular e mobilizador, coloca a democracia diante de uma contradição. Em tempos de fascismo, o povo é a principal ameaça à democracia”


31 de julho de 2019, 06h00

A ética fascista

Rodrigo Perez Oliveira: “Ninguém acorda fascista, de repente, em uma manhã de inverno ao sul do Equador. As pessoas vão se tornando fascistas dia após dia. O processo é irreversível”


24 de julho de 2019, 06h00

O homem mais poderoso da República

Rodrigo Perez Oliveira: “Em certo sentido, Rodrigo Maia é aliado do campo progressista, das esquerdas brasileiras. É que diante do avanço da marcha fascista, as fronteiras que definem aliados e adversários tendem a se mover”


06 de julho de 2019, 14h58

Sérgio Moro é um homem corrupto, mas quem liga?

Rodrigo Perez Oliveira: "Não há dúvida de que Sérgio Moro seja corrupto, um corrupto mais perigoso que o outro Sérgio, o Cabral. Ladrão de dinheiro público é fácil de punir: prende o cabra e exige restituição do dinheiro roubado. Já a corrupção do processo legal é algo muito mais grave, pois sinaliza para o cidadão comum que a justiça não é legítima"


18 de junho de 2019, 23h07

O principal intérprete da crise brasileira

Rodrigo Perez Oliveira: “Lula disse que Moro estava sendo diretamente comissionado pelo Departamento de Estado dos EUA, interessado nas riquezas energéticas brasileiras. Será que os arquivos do Intercept sustentam essa interpretação?”


15 de junho de 2019, 07h00

O saldo da Vaza Jato, até aqui

Rodrigo Perez Oliveira: “Agora, é Moro a vidraça, é quem precisa de apoio. E Bolsonaro demorou para se manifestar. Esperou para ver a repercussão dos vazamentos, valorizou seu apoio na cotação do mercado político”


11 de junho de 2019, 20h52

Mais um domingo de crise

Rodrigo Perez Oliveira: “O conteúdo divulgado até aqui ainda é tímido, surpreende pouco, apesar de todo o barulho. A ver o que vai acontecer nos próximos dias”


07 de junho de 2019, 22h20

A disputa pelo centro

Rodrigo Perez Oliveira: “Aqueles que não são organicamente vinculados ao petismo e ao bolsonarismo tentam se apresentar como lideranças de ‘centro’, capazes de pacificar o país”


01 de junho de 2019, 17h21

O bolsonarismo radicalizou o lugar de fala

Pesquisa em arquivos, em fontes de diversos tipos, dados estatísticos. Nada disso importa. A verdade está na memória de quem viveu naquele tempo


30 de maio de 2019, 22h23

Crônica de 30 de maio

Rodrigo Perez Oliveira: “Para 14 de junho está agendada uma greve geral convocada, exclusivamente, para protestar contra a reforma da Previdência. Saberemos se, por si só, essa pauta é capaz de mobilizar os trabalhadores brasileiros”


26 de maio de 2019, 18h23

Crônica de 26 de maio

Rodrigo Perez Oliveira: “Ao longo de todo o dia, a Globo se esforçou em esvaziar o conteúdo autoritário das manifestações para transformá-las num ato popular em defesa da reforma da Previdência”


24 de maio de 2019, 06h00

A prova dos nove

Rodrigo Perez Oliveira: “Se o ato for um fracasso, Bolsonaro será obrigado a virar a chave e se tornar o 'Jairzinho paz e amor'. Se for um sucesso, talvez Bolsonaro consiga rearticular seu campo de aliados e sair do atoleiro em que se meteu”


18 de maio de 2019, 17h23

Nas entrelinhas da carta bomba

Rodrigo Perez Oliveira: Como apoio institucional é tudo que o governo não tem, o cenário que se apresenta é o da tempestade perfeita: isolamento em Brasília, desconfiança do mercado, rejeição nas ruas e um vice-presidente que o tempo inteiro se apresenta como o contraponto de bom senso e moderação


15 de maio de 2019, 22h45

Crônica de 15 de maio

Rodrigo Perez Oliveira: “Por enquanto, não dá pra saber o impacto político direto deste 15 de maio. Foi apenas o primeiro ato de um calendário de mobilizações que têm o objetivo de construir a greve geral dos trabalhadores”