Imprensa livre e independente
03 de julho de 2019, 22h57

Bancada do PT na Alesp vai ao Tribunal de Justiça denunciar perseguição contra movimentos sociais

No dia 24 de junho, quatro lideranças do Movimento dos Sem Teto do Centro (MSTC) e Movimento de Moradia para Todos (MMPT) foram presas sem maiores justificativas

O deputado Teonilio Barba, líder do PT na Alesp - Foto: Divulgação
Os integrantes da Bancada do PT na Assembleia Legislativa de São Paulo decidiram comparecer ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP). O objetivo foi denunciar perseguição política a movimentos sociais e de moradia. Os deputados estaduais e advogados foram recebidos por Airton Pinheiro de Castro e Ricardo Dalpizol, juízes auxiliares. Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo. No dia 24 de junho, quatro lideranças do Movimento dos Sem Teto do Centro (MSTC) e Movimento de Moradia para Todos (MMPT) foram presas sem maiores justificativas. O deputado Teonilio Barba,...

Os integrantes da Bancada do PT na Assembleia Legislativa de São Paulo decidiram comparecer ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP). O objetivo foi denunciar perseguição política a movimentos sociais e de moradia.

Os deputados estaduais e advogados foram recebidos por Airton Pinheiro de Castro e Ricardo Dalpizol, juízes auxiliares.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

No dia 24 de junho, quatro lideranças do Movimento dos Sem Teto do Centro (MSTC) e Movimento de Moradia para Todos (MMPT) foram presas sem maiores justificativas.

O deputado Teonilio Barba, líder do PT na Alesp, pediu aos juízes que transmitam ao presidente do TJ uma solicitação no sentido de estabelecer uma análise mais sensível sobre o significado do Estado Democrático de Direito, nos casos das prisões das lideranças de movimentos de moradia.

Com informações do PT na Assembleia

Veja também:  Datafolha aponta que 11 milhões de brasileiros são terraplanistas

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum