Blog do Rovai

03 de agosto de 2017, 13h01

Dos deputados do PSDB de São Paulo só um votou com Temer

O PSDB de São Paulo votou praticamente unido contra o presidente Temer na sessão de ontem.

O PSDB de São Paulo votou praticamente unido contra o presidente Temer na sessão de ontem. Apenas a deputada Bruna Furlan, de Barueri, cujo pai, Rubens Furlan, é um político tradicional e tem voo próprio, votou sim pela aprovação do relatório do também tucano Abi-Ackel, de Minas Gerais e ligado a Aécio Neves.

Quem também surpreendeu na votação de ontem foi o PPS, que tem o ministro da Defesa, Raul Jungmann. E que também votou praticamente unido contra o presidente. Apenas um deputado votou sim, Arthur Oliveira Maia, da Bahia, que é ligado ao prefeito ACM Neto.

Como se sabe, quem controla a bancada paulista do PSDB de São Paulo são Geraldo Alckmin e José Serra. Sendo que o segundo tem enorme influência sobre o PPS, de Roberto Freire.

Entre outras coisas a votação de ontem também revelou isso: Serra e Alckmin romperam com Temer. E não só com ele. Também com Aécio.

O PSDB sai completamente dividido deste episódio. E já não será mais surpresa para este blogueiro se o partido vier a rachar de fato antes de 2018.

Veja também:  Ex-governadores do PSB defendem que Estados e Municípios sejam inseridos na Reforma da Previdência

Outra coisa que ficou muito clara após esta votação é que o rompimento de Serra com Temer parece ter sido muito mais sério do que a mídia tradicional apurou.

Serra é hoje adversário do governo, como esta votação deixou claro.

 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum