Blog do Rovai

26 de outubro de 2018, 17h41

Eu, o sonho e um tracking…

No sonho, Haddad vinha subindo (34, 36, 38) e Bolsonaro caindo (46, 45, 44) . E a diferença que era de 12 pontos anteontem passou para seis hoje.

Hoje fui dar uma descansada à tarde e acabei cochilando. Vejam como as coisas são malucas, acabei sonhando com um tracking.

Nele Haddad vinha subindo (34, 36, 38) e Bolsonaro caindo (46, 45, 44) . E a diferença que era de 12 pontos anteontem passou para seis hoje.

Para chegar a esses números, Haddad havia feito dois movimentos importantes nas duas maiores regiões do país.

No Sudeste, cresceu 7 pontos (27, 31, 34) e Bolsonaro caiu quatro (49, 46, 45). No Nordeste, Haddad cresceu 10 (51, 56, 61) e Bolsonaro perdeu quatro (29, 25, 25).

Nos eleitores com renda até 2SM a diferença acelerava a favor de Haddad e já era de 20 pontos. (51 a 31). Haddad também tinha ultrapassado Bolsonaro entre os eleitores de ensino superior (45 a 42). E a diferença que era de 25 pontos a favor de Bolsonaro entre os eleitores de ensino médio caiu para 16.

Além desses dados haviam outros, mas ao acordar eu só lembrava desses. Se nas pesquisas de amanhã os números forem confirmados como aconteceu no caso da minha previsão da disputa no primeiro turno de São Paulo, quando cravei empate entre Márcio França e Skaf, com 21%, vocês não precisam ficar impressionados. Sonhos sempre foram o meu forte.

Veja também:  Nepotismo: "Se eu puder dar o filé mignon para o meu filho, eu dou", diz Bolsonaro sobre embaixada

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum