Blog do Rovai

04 de março de 2016, 12h16

Pedro Serrano: foi um espetáculo, estamos num país sem lei

O professor da PUC-SP e constitucionalista Pedro Serrano considera que essa ação contra Lula é a maior ilegalidade já cometida em relação a um ex-presidente da República desde João Goulart, Jango.

Serrano diz que é injustificável o fato de Lula ter sido levado coercitivamente a depor. E que a alegação de que isso era para protegê-lo não faz o menor sentido.

Segundo Serrano, o procedimento adotado pelo MP quando há qualquer risco e se deseja preservar a pessoa intimada é a de se realizar um acordo com o advogado e marcar o depoimento num local discreto e sem que ninguém saiba. “Eu já participei de diversos acordos desses”, diz Serrano.

Na opinião dele há indícios de abuso de poder nesta ação e ela é totalmente inconstitucional.

Serrano acdiego-escosteguyrescenta que tudo foi armado para constranger Lula e diz que às 2h da manhã, como a Revista Fórum já registrou, o diretor da Revista Época, Diego Escosteguy, escreveu tweets sinalizando  que a operação contra Lula aconteceria na manhã de hoje. E às 6h da manhã a TV Globo já estava transmitindo ao vivo a ação tanta da casa de Lula como do Instituto.

Veja também:  Glenn ironiza pedido de Diogo Mainardi que implorou por prova contra Lula: “Ele ainda está ajoelhado e esperando”

 

Serrano é duro em relação ao que está acontecendo neste momento: “Estamos num país sem lei onde há flexibilização de alguns direitos fundamentais em especial de cidadão e onde só se investiga um determinado campo politico”, afirmou.

 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum