Blog do Rovai

14 de fevereiro de 2017, 21h24

Saudades do Lula, um tal Angorá e a morte do Teori

Romero Jucá é de fato um sábio. Ele avisou que Teori era complicado, mas que com Temer na presidência dava para construir "um pacto nacional com Supremo e tudo."

Ontem o jornal Valor revelou algo que já se podia sentir nos papos com pessoas de fora da bolha da guerra política. Especialmente as de classe D e C. Começa a bater um saudade de Lula. Pela pesquisa do Valor, porém, ela parece já estar até um pouco mais consolidada do que imaginava.

Lula tem um simbolismo para o povão que a elite não entende. Ele não é um Dória. Um produto de marketing criado para parecer um trabalhador. Um sujeito das altas rodas que se veste de lixeiro. Lula é a cara do povo.

Não precisa se vestir de nada para as pessoas se reconhecerem nele. E se fosse só isso, já era muito forte. Como foi durante quatro eleições para presidente. As três que ele perdeu (89, 94 e 98) e a primeira que ganhou (2002).

Até ali não existia o legado de Lula. Em 2006, já existia. Em 2010 e 2014 também. E foi muito em função dele que Dilma se elegeu e reelegeu.

Veja também:  O que Reinaldo Azevedo quis "insinuar" para Dallagnol

O legado de Lula somado a sua imagem são praticamente imbatíveis. Mesmo com todo o massacre midiático que lhe foi imposto. E por isso querem de qualquer jeito lhe impedir de disputar a próxima eleição presidencial.

O julgamento no Supremo, hoje, liberando Moreira Franco para continuar ministro de Temer, deixou ainda mais nua essa estratégia.

Celso Mello nem ruborizou para emitir seu voto. Mesmo tendo o mesmo Supremo impedido Lula de assumir no governo Dilma.

Sendo que sim, o caso de Lula era diferente do de Moreira Franco. Mas em seu benefício, não ao contrário. Porque Lula não foi delatado por ninguém. E Moreira Franco, vulgo Angorá, sim.

E agora está livre pra ficar o governo de Temer com a proteção suprema. Ou seja, só será investigado no STF. Que, depois da morte de Teori, parece ainda muito mais manso do que já era para com aqueles que não são do PT. E não são o Lula.

Manso com os verdadeiros bandidos que tomaram o poder de assalto.

Veja também:  Em troca de Eduardo, Trump cogita nomear filho Eric embaixador no Brasil

Aliás, esse Romero Jucá é de fato um sábio. Ele avisou que Teori era complicado, mas que com Temer na presidência dava para construir “um pacto nacional com Supremo e tudo.”

É esse o pacto. E ele certamente vai ficar cada dia mais transparente aumentando a saudades do povo pela volta de Lula.

Neste caso, eles só terão uma saída. Matá-lo ou impedi-lo judicialmente de ser candidato.

Ou você está absolutamente convencido que Teori morreu num acidente?

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum