Blog do Rovai

07 de dezembro de 2016, 08h33

Serra e Moro parecem se divertir muito rindo da cara de alguém…

Quando um juiz pode se refestelar em rega-bofes com seus possíveis investigados não é que a coisa não vai bem, ela vai péssima.

No post abaixo, você pode ver a foto do senador mega-citado em delações da Lava Jato, Aécio Neves, e do juiz do caso, Sérgio Moro, em um momento de grande intimidade. Ou como se diz no popular, entre cochichos de pé de ouvido.

Não seria nada demais, se Aécio não fosse, entre outras coisas, um dos políticos citados na lista da Odebrechet por montar um esquema com seu marqueteiro para receber propinas.

E se já não fosse alvo de citações em outras tantas delações, como as de Delcídio, a do doleiro Youssef e a da OAS.

Mas no rega-bofe caça níquel de ontem organizado pela Revista Isto É, os sorrisos de Moro não flertaram apenas com o senador mineiro.

Serra também teve seu momento íntimo com o juiz do Paraná. E pela cena parece ter contado a ele a piada do tomate atravessando a rua. Lembra dessa, deve ter dito ao juiz o eminente número 1 do Itamaraty.

Serra também, segundo consta, está na lista da Odebrechet. Seria acusado de ter recebido 23 milhões da empreiteira numa conta na Suíça.

Veja também:  Contra evidências, subprocurador diz ao STJ que conduta de Moro não prejudicou Lula

Quando um juiz pode se refestelar em rega-bofes com seus possíveis investigados não é que a coisa não vai bem, ela vai péssima.

A certeza de que se pode tudo neste caso tem nuances da trilogia de O Poderoso Chefão.

É verdade que isso não é tão novo no Brasil.

Mas é de fazer pensar se o fato de elas terem se tornado registros de coluna social não revelam a degradação a que chegamos.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum