Imprensa livre e independente
21 de fevereiro de 2019, 07h22

Bebianno mostrou áudios de Bolsonaro a ministros de tribunais superiores

Ministros teriam se espantado com o tom do presidente da República nas gravações, segundo a jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo

Gustavo Bebbiano e Bolsonaro (Arquivo)
O ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, mostrou a ministros de tribunais superiores os áudios de suas conversas com o presidente Jair Bolsonaro. A informação está na coluna da jornalista Mônica Bergamo, na edição desta quinta-feira (21) da Folha de S. Paulo. Segundo a jornalista os ministros se espantaram com o tom do presidente da República. Bebianno foi demitido do cargo após atrito com o filho mais novo do presidente, Carlos Bolsonaro, vereador no Rio de Janeiro. O ex-ministro enfrentava uma crise após ser vinculado ao uso de uma candidatura laranja em Pernambuco para desviar dinheiro do fundo partidário. Carlos...

O ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, mostrou a ministros de tribunais superiores os áudios de suas conversas com o presidente Jair Bolsonaro.

A informação está na coluna da jornalista Mônica Bergamo, na edição desta quinta-feira (21) da Folha de S. Paulo. Segundo a jornalista os ministros se espantaram com o tom do presidente da República.

Bebianno foi demitido do cargo após atrito com o filho mais novo do presidente, Carlos Bolsonaro, vereador no Rio de Janeiro. O ex-ministro enfrentava uma crise após ser vinculado ao uso de uma candidatura laranja em Pernambuco para desviar dinheiro do fundo partidário.

Carlos desmentiu Bebianno quando este disse que havia conversado com Bolsonaro e divulgou no Twitter um áudio que supostamente provava que os dois não tinham se falado. Após dias de bateção de cabeça, que incluíram oferta de outros cargos a Bebianno, o governo finalmente exonerou o ministro. A revista Veja, então, divulgou os áudios trocados entre Jair Bolsonaro e o ex-ministro, mostrando que eles, de fato, haviam conversado.

Veja também:  PSL aproveita fundo que critica, ganha novas sedes e faz evento em hotel de luxo

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum