Imprensa livre e independente
16 de fevereiro de 2019, 09h10

Bebianno publica texto no Instagram em tom de ameaça e insinua que Bolsonaro é desleal

Mensagem termina com trecho o desleal, coitado, vivera sempre esperando o mundo “desabar na sua cabeça”

Foto: José Cruz/Agência Brasil
Prestes a deixar o governo, em mais uma crise política, Gustavo Bebianno, ministro da Secretaria-Geral da Presidência, resolveu desabafar. Na madrugada deste sábado (16), ele usou seu Instagram para mandar um recado em tom de ameaça: “O desleal, coitado, viverá sempre esperando o mundo desabar na sua cabeça”.  Apesar de não citar o nome de Jair Bolsonaro, Bebianno insinua que o presidente foi desleal. O texto, atribuído ao escritor Edgard Abbehusenm diz, ainda: “Saímos de qualquer lugar com a cabeça erguida ao carregar no coração a lealdade”, de acordo com informações de Jussara Soares, de O Globo. Foto: Reprodução Reviravoltas...

Prestes a deixar o governo, em mais uma crise política, Gustavo Bebianno, ministro da Secretaria-Geral da Presidência, resolveu desabafar. Na madrugada deste sábado (16), ele usou seu Instagram para mandar um recado em tom de ameaça:

“O desleal, coitado, viverá sempre esperando o mundo desabar na sua cabeça”.  Apesar de não citar o nome de Jair Bolsonaro, Bebianno insinua que o presidente foi desleal.

O texto, atribuído ao escritor Edgard Abbehusenm diz, ainda: “Saímos de qualquer lugar com a cabeça erguida ao carregar no coração a lealdade”, de acordo com informações de Jussara Soares, de O Globo.

Foto: Reprodução

Reviravoltas

Após uma semana repleta de reviravoltas, em que tentou articular sua manutenção no cargo, Bebianno recusou o convite para ocupar a diretoria de uma estatal e deve mesmo deixar o governo na segunda-feira (18), em uma clara demonstração de “ingratidão”, segundo ele.

“A lealdade constrói pontes indestrutíveis nas relações humanas. E repare: quando perdemos por ser leal, mantemos viva nossa honra”, diz um dos trechos do texto.

Veja também:  Enquanto ignora morte de João Gilberto, Bolsonaro comemora condenação de Zé de Abreu

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum