BBB: Psicóloga negra, Lumena Aleluia vira alvo de ataques racistas

Nova edição do BBB tem mais participantes negros e LGBT do que as anteriores

Começou ontem (25) a 21ª edição do reality show Big Brother Brasil e, neste ano, a Rede Globo resolveu apostar na diversidade ampliando o número de participantes negros e LGBT: são três pessoas homossexuais e duas bissexuais -, todos negros.

E esse fato já está gerando reações racistas nas redes.

Está circulando nas redes um áudio de uma internauta onde ela faz uma análise profundamente racista da participante Lumena Aleluia. “Olha a negra, já chegou querendo se aparecer”, é uma das frases ditas pela pessoa.

O BBB21 desse está dividido em dois grupos: o Pipoca, que é composta por anônimos, e o Camarote, que tem influenciadores, cantores e atores.

Avatar de Marcelo Hailer

Marcelo Hailer

Jornalista (USJ), mestre em Comunicação e Semiótica (PUC-SP) e doutor em Ciências Socais (PUC-SP). Professor convidado do Cogeae/PUC e pesquisador do Núcleo Inanna de Pesquisas sobre Sexualidades, Feminismos, Gêneros e Diferenças (NIP-PUC-SP). É autor do livro “A construção da heternormatividade em personagens gays na televenovela” (Novas Edições Acadêmicas) e um dos autores de “O rosa, o azul e as mil cores do arco-íris: Gêneros, corpos e sexualidades na formação docente” (AnnaBlume).

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR