Blog do George Marques

direto do Congresso Nacional

07 de maio de 2019, 13h29

A senadores, ministro faz chantagem: só revê cortes na Educação se reforma da Previdência for aprovada

"Se a gente não passar (a reforma da Previdência) vamos para um estágio de estresse", disse Abraham Weintrab durante audiência na Comissão de Educação do Senado Federal

Foto: Pedro França/Agência Senado

Em meio à polêmica do corte de orçamento de todas as universidades federais, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, reafirmou nesta terça-feira (7) durante audiência na Comissão de Educação do Senado Federal que não houve corte de recursos, mas contingenciamento. Na audiência ele condicionou a volta dos recursos à aprovação da Reforma da Previdência.

Ministro da Educação comete gafe e diz que sofreu processo como no “livro de Kafta”; veja vídeo

“Se a economia recuperar com a aprovação da Previdência, a gente descontigencia”, disse o ministro. “Se a gente não passar vamos para um estágio de estresse”. O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) rebateu e chamou de “chantagem” estratégia do governo de só liberar recursos com aprovação da Previdencia.

Weintraub ressaltou, no entanto, que pretende discutir o tema de contigenciamento “de peito aberto” com o Congresso e que o MEC não “quer impor nada a ninguém”. Para ele, o modelo educacional aplicado no país deu errado e é necessário debater outras alternativas.

“O diálogo tem que ser feito com base em números, dados e premissas racionais. Que a gente se livre um pouco dos preconceitos”, comentou.

Ministro acima da média

Em resposta a questionamento do senador Confúcio Moura (MDB-RO), se ele estaria em condições para conduzir o MEC, Weintraub disse que seu currículo está “bem acima da média dos últimos 15 ministros que passaram por lá. Eu poderia ter entrado na USP aos 14 anos.”

Weintraub também disse que a sugestão de reduzir investimentos na área de Humanas e direcioná-los a disciplinas de Exatas ou Biologia, como engenharia e medicina, é baseada em números e critérios técnicos. Segundo ele, apenas 13% da produção na área de Ciências Sociais Aplicadas, Humanas e Linguística têm impacto científico.

Metas do MEC

Entre as metas apresentadas pelo ministro, estão:

  • Disciplina, ordem, respeito a todos no espaço da educação público e privados
  • Foco na educação básica, aprimorando o fundo de manutenção de desenvolvimento da educação básica e da valorização dos professores da educação (Fundeb)
  • Fixação de incentivos para as adoção das melhores práticas nacionais e internacionais em gestão da educação
  • Respeito à liberdade e diversidade de pensamento
  • Investimento em capital humano para aumentar a competitividade da economia brasileira

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum