Blog do George Marques

direto do Congresso Nacional

Fórumcast, o podcast da Fórum
23 de maio de 2019, 06h00

Direitos Humanos da Câmara condena “passarela da adoção” em Cuiabá

Usuários do Twitter consideraram que jovens a espera de uma família foram tratados como 'mercadoria'; OAB-MT afirma que "em nenhum momento houve a exposição de crianças e adolescentes"

"Passarela da Adoção" expõe crianças a pretendentes a pais (Reprodução)

O presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, Helder Salomão (PT-ES), reagiu com indignação à notícia do desfile realizado no shopping Pantanal de Cuiabá, com crianças e adolescentes de 4 a 17 anos, para incentivar a adoção. Para ele houve uma exposição “desnecessária e inaceitável de crianças”, que deveriam receber a proteção e a tutela do Estado e foram colocadas em situação constrangedora que pode acarretar em maior sofrimento emocional.

“Indivíduos que já foram prejudicados e feridos pela própria vida, colocados para ‘competir pelo prêmio da adoção’, que evidentemente incentiva a adoção através da aparência”, ressaltou ao blog o Congressista.

O desfile foi realizado pela Associação mato-grossense de Pesquisa e Apoio à Adoção (Ampara) em parceria com a Comissão de Infância e Juventude (CIJ) da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Mato Grosso (OAB-MT), que contou com o apoio do governo do Estado e do Tribunal de Justiça do Mato Grosso (TJMT). O objetivo era que pretendentes a pais pudessem escolher os possíveis filhos adotivos.

“Ter a OAB-MT envolvida neste evento torna o caso ainda mais estarrecedor. Órgão que se propõe a auxiliar na construção democrática e defesa dos interesses da sociedade, compactuar com a violação de direitos fundamentais de crianças e adolescentes é evidentemente inaceitável”, pontuou Salomão.

O presidente da CDH disse que vai solicitar informações ao Conselho Federal da OAB sobre o fato, bem como instar ao Ministério Público de Mato Grosso e ao Tribunal de Justiça Estadual a se manifestarem sobre o ocorrido. “O poder público estadual não pode silenciar, porque se trata da segunda edição do evento e isso nos causa estranhamento”, destacou.

Segundo o site TV Mais News, 20 crianças e adolescentes entre 4 e 17 anos que estão acolhidos em instituições de Cuiabá e Várzea Grande ganharam “roupas novas, um dia de beleza, incluindo penteados e maquiagem, tudo isso para se divertirem no desfile que pode resultar no encontro de uma família”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum