Blog do George Marques

direto do Congresso Nacional

Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
27 de março de 2019, 14h00

Eduardo Bolsonaro defende Ernesto e toma invertida: “É melhor que o ministro nomeado responda, e não o de fato”

Deputado Glauber Braga (PSol/RJ) indagou chanceler sobre visita à CIA durante viagem aos Estados Unidos, mas Eduardo Bolsonaro quis responder, dizendo que teve influência na visita aos arapongas estadunidenses

Ernesto Araújo e Eduardo Bolsonaro (Foto: Vinicius Loures/Câmara dos Deputados)

Diplomata informal do governo Jair Bolsonaro (PSL), o presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara, Eduardo Bolsonaro (PSL/SP) tomou uma invertida do deputado Glauber Braga (PSol/RJ) ao tentar interferir no depoimento de Ernesto Araújo, ministro das Relações Exteriores, sobre a visita à Central de Inteligência Americana (CIA) durante viagem da comitiva aos Estados Unidos.

Durante a sessão da comissão, que recebeu o ministro nesta quarta-feira (27), Glauber indagou sobre os motivos da visita de Bolsonaro à agência de espionagem estadunidense.

Leia também: “Não considero 64 um golpe, mas um movimento para que o país não se tornasse uma ditadura”, diz Ernesto Araújo

Antes mesmo que Ernesto respondesse, Eduardo Bolsonaro, que conduz a reunião, interferiu para dizer que teve influência na reunião. “Trata-se de uma visita a uma agência de informação, como se um presidente de outro país tivesse visitado a Abin. Logo, não vi grande problema, mas o ministro responderá quando tiver a oportunidade”, disse Eduardo.

“É melhor que o ministro nomeado responda, e não o de fato”, rebateu Glauber.

O chanceler, então, tomou a palavra e, sem entrar em detalhes, negou que a visita estivesse relacionada à política de exploração de petróleo. “”Fui à CIA, uma visita a uma inteligência como essa seria interessante. O presidente teve esse convite e tive a oportunidade de acompanha-lo, mas não se discutiu política de petróleo”, disse Ernesto.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum