Blog do George Marques

direto do Congresso Nacional

Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
12 de fevereiro de 2019, 20h13

Espionar movimentos sociais remete a tempos da ditadura, avalia Patrus Ananias

Para o deputado Patrus Ananias (PT), tentativa do governo de pressionar inclusive o governo da Itália pode ter efeito contrário e atitude remete a tempos da ditadura

Deputado federal e ex-ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Patrus Ananias (PT-MG) comentou ao blog na tarde desta terça-feira (12) sobre a tentativa do governo brasileiro de espionar, por meio da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), movimentos eclesiástico ligados à Igreja Católica.

Para ele, que é cristão e católico, a iniciativa remonta a tempos sombrios da ditadura.

“Eu penso que essa iniciativa do governo de pressionar o governo italiano terá um efeito contrário. Temos que reconhecer que a Igreja tem uma função secular no Brasil. Um caminho da Justiça, do perdão, da convivência de pessoas que pensam de forma diferente”, disse o parlamentar.

O congressista relembra que, nos tempos da ditadura, governo ditatoriais também tiveram atritos com a Igreja Católica no Brasil e perseguiram religiosos.

“Tentaram, por exemplo, retirar Don Helder Câmara da arquidiocese de Olinda e censurá-lo, além de outros líderes religiosos, como Dom. Paulo Evaristo Arms, em São Paulo, nomes que foram diretamente perseguidos pela ditadura’, relembrou o parlamentar.

Ministro será convocado

Conforme noticiado pelo blog nesta terça, o deputado federal Márcio Jerry (PCdoB-MA) apresentou requerimento para convocar o ministro Augusto Heleno, chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), para que ele preste explicações das atividades de inteligência e espionagem sobre o “clero progressista”.

Segundo a matéria do Estadão, o Palácio do Planalto recebeu relatórios de inteligência com detalhes das reuniões de preparação do Sínodo da Amazônia, encontro religioso convocado pelo papa Francisco para outubro, em Roma, e tenta neutralizar o que considera uma brecha para críticas internacionais ao governo por parte de bispos brasileiros da Igreja Católica.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum