quarta-feira, 23 set 2020
Publicidade

Líderes tentam abafar trapalhada de Bolsonaro em vídeo pornográfico

A atitude de Bolsonaro e dos filhos nas redes sociais foi definida como medíocre e primária. Há o temor de que a perda de respeito pela imagem do presidente contamine as já difíceis negociações em torno da reforma da Previdência, informa a colunista Mônica Bergamo.

Para diminuir o estrago entre aliados, o líder do PSL no Senado, Major Olímpio, e a líder do Governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), tentaram justificar a atitude infantil do presidente. “Ele foi duro, contundente, mas é a forma de fazer chegar à população o seu inconformismo” tentou justificar Olímpio.

A defesa apontada por Joice para defender a atitude do presidente é que “a esquerda apoia exposição de adultos pelados”.

Em ritmo de carnaval full time, Brasília só deve retomar os trabalhos na terça, 12. Na Câmara, Rodrigo Maia deve finalmente oficializar os nomes que irão presidir as comissões permanentes da Casa. É na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), por exemplo, que começa a tramitar a tão aguardada Reforma da Previdência.

George Marques
George Marques
Jornalista e Relações Públicas pela Faculdade JK de Brasília. É também especialista em comunicação pública e comunicação política no legislativo, tendo já sido indicado ao Prêmio Comunique-se de Jornalismo Político. Já trabalhou na cobertura de política para o site The Intercept Brasil e Metrópoles. É colunista da Fórum.