Blog do George Marques

direto do Congresso Nacional

#Fórumcast, o podcast da Fórum
06 de maio de 2019, 13h42

Procuradoria dá prazo de cinco dias para que IBGE explique corte de 25% no orçamento do Censo 2020

O ministro da Economia, Paulo Guedes, quer que o IBGE reduza o número de perguntas do questionário do Censo, principal pesquisa demográfica do país que serve de base para políticas econômicas, sociais e de saúde

Foto: Divulgação

Com o risco real do Censo Demográfico 2020 ficar mais enxuto ou simplesmente deixar de existir, o Ministério Público Federal (MPF) enviou na última sexta-feira (3) ofício à presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Susana Guerra, para que num prazo de cinco dias o órgão informe se procede informação sobre corte de 25% no orçamento previsto para a realização do Censo.

No documento a Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC) pede que o IBGE encaminhe ao MPF os pareceres jurídicos e os estudos técnicos que deram suporte ao ato.

O documento ainda destaca que, em agosto de 2018 e março de 2019, foram realizadas as provas piloto do Censo 2020 – e que essas são as referências técnicas para eventuais ajustes no questionário e em sua metodologia.

Censo mais enxuto

O ministro da Economia, Paulo Guedes, quer que o IBGE reduza o número de perguntas do questionário do Censo, principal pesquisa demográfica do país que serve de base para políticas econômicas, sociais e de saúde.

Realizado a cada dez anos, o Censo Demográfico constitui a principal fonte de referência para o conhecimento das condições de vida da população brasileira em todos os municípios do país e em seus recortes territoriais internos. O levantamento subsidia o planejamento e a execução de políticas públicas em área como educação, saúde e habitação, além de permitir avaliar a abrangência dessas iniciativas.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum