Blog do George Marques

direto do Congresso Nacional

Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
25 de fevereiro de 2019, 17h18

Projeto criminaliza porte de arma de brinquedo usada em ação intimidatória

O porte de arma de brinquedo ou réplica de arma de fogo usados como meio de intimidação ou prática de crime terá como pena estipulada de um a três anos de detenção, prevê projeto de lei

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado debaterá nos próximos dias o projeto de lei (PL 991/2019), que criminaliza o porte de arma de brinquedo ou réplica de arma de fogo usados como meio de intimidação ou prática de crime. A pena estipulada será de um a três anos de detenção.

O projeto, que altera o parágrafo único do artigo 14 do Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826, de 2003), é de autoria do senador Fabiano Contarato (Rede-ES).

De acordo com o texto, quem portar, deter, receber, transportar, ceder — ainda que gratuitamente —, emprestar, empregar, manter sob guarda ou ocultar arma de brinquedo, simulacro ou réplica de arma de fogo, capaz de atemorizar alguém, sem autorização e em desacordo com determinação legal ou regulamentar, estará sujeito à pena de detenção de um a três anos e ao pagamento de multa.

Para Contarato o Poder Público não tem sido capaz de coibir de forma eficiente a proliferação desses instrumentos.

“Observe-se ainda que tais instrumentos são tão parecidos com armamentos reais que chegam até mesmo a confundir experientes policiais em suas abordagens, o que, infelizmente, tem causado a morte de muitos indivíduos que portam esses itens com ou sem a finalidade de cometer delitos”, explicou o congressista.

O projeto tem caráter terminativo (não precisa ser votado ao plenário) e caso seja aprovado na CCJ do Senado ele será encaminhado para a Câmara para apreciação.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum