Blog do George Marques

direto do Congresso Nacional

Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
14 de fevereiro de 2019, 11h24

PT apresenta pacote de medidas para sustar decreto de Bolsonaro que facilita posse de armas

Entre as propostas apresentadas por congressistas do PT está revogar decreto que afrouxa exigências para posse de arma de fogo e a retomada da política de valorização do salário mínimo

Fotos: Alessandro Dantas/ PT no Senado

A bancada do PT no Senado quer suspender o polêmico decreto de Jair Bolsonaro e Sérgio Moro que flexibilizou a posse de armas a brasileiros. A ação faz parte de um pacote de medidas apresentadas na manhã desta quinta-feira (14) pelo vice-líder do partido no Senado, Rogério Carvalho (PT/SE) e por Paulo Rocha (PT/PA).

Segundo esses congressistas, a flexibilização da posse de armas de fogo atenta contra a segurança da população. Os petistas também criticaram a medida assinada pelo vice-presidente, Hamilton Mourão, que ampliou o número de pessoas autorizadas a decidir sobre o sigilo de dados públicos.

“Não se combate corrupção sem transparência. E um dos primeiros atos dessa gestão foi tornar sigilosos documentos que deveriam estar à disposição de toda a sociedade para acompanhar o funcionamento do governo”, criticou Carvalho.

Sobre as propostas

Em relação ao salário mínimo, o projeto petista veda o cálculo da inflação por estimativa e torna obrigatório pelo menos 1% de ganho real — acima da inflação — no calculo do reajuste do salário mínimo.

Na área de tributação o partido pretende isentar integralmente do Imposto de Renda todas as pessoas físicas que ganham até cinco salários mínimos. O PT quer também a volta da cobrança de Imposto de Renda sobre os lucros e dividendos que os donos ou sócios de grandes empresas recebem a título de remuneração. Pela proposta do PT, esses valores serão tributados em 20%.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum