Blog do Mouzar

O que o brasileiro pensa?
09 de janeiro de 2020, 00h03

Feliz 2020? Como?

Mouzar Benedito: "Vendo multiplicar o número de moradores de rua e de miseráveis em geral nos lugares por onde passo, só tendo notícias ruins e constatando um mau-humor generalizado, acho que passei por poucos momentos tão feios"

Não é que eu não deseje isso. Ao contrário, desejo bastante um 2020 ótimo para todos nós. Mas desde o final de 2019, quando vem a vontade de mandar uma mensagem de otimismo para os amigos, penso no Brasil atual e me lembro de uma brincadeira que tinha com um amigo, o Mendes. Eu dizia que ele era o sujeito mais feio que existia, e ele dizia que eu, sim, é que era o mais feio.

Todos os dias, durante quase um mês, eu fazia uma listinha que começava com “Você é mais feio do que…” e em seguida um monte de coisas consideradas feias demais. E ele fazia uma lista dessas para mim também.

Listei mais de 400 “mais feio do que…” para ele, e ele listou outro tanto para mim. Só me lembro de alguns desses comparativos de feiura, mas apareceram uns novos.

Enfim, vendo multiplicar o número de moradores de rua e de miseráveis em geral nos lugares por onde passo, só tendo notícias ruins e constatando um mau-humor generalizado, acho que passei por poucos momentos tão feios.

Então, esperando que a situação do Brasil volte a embelezar, mando essas comparações que me vêm à mente.

Mais feio do que…
O rascunho do mapa do inferno

Briga de foice no elevador

Briga de foice no escuro

A mãe da peste

Voz de prisão

Situação de barata em galinheiro

Resto de sarapatel

Briga de irmãos por causa de mistura

Encoxar a mãe no tanque

Tomar doce de criança

Roubar esmola de cego

Roubar muleta de aleijado

Aplaudir torturadores e a tortura

Matar padre rezando missa

Bater no pai no dia de Natal

Ranho no bigode

Engasgar com cachaça

Trepada de gorila

Abraçar a mãe de pau duro

Apanhar de mulher

Queda de viaduto

Necrose causada por picada de cobra

O cão chupando manga

Praga de mãe

Penico cheio de lombrigas

Férias no Sudão

Vômito

Vida de mulher em lugar controlado pelo Exército Islâmico

Abraço de tamanduá

A estátua do Borba Gato, em São Paulo

Cara de criança com varíola

Mergulho no rio Pinheiros, em São Paulo

Tossir e peidar ao mesmo tempo

A mãe da necessidade

Catarro de tuberculoso

Ordem imposta por milícia

Ninho de cobra

Fuga de erupção vulcânica

Cidade praiana depois de um tsunami

Concurso de arroto

Apendicite aguda

A mãe do sarampo

Unha encravada

Tumor vazando pus

Trânsito nas avenidas marginais de São Paulo em dia útil e chovendo, às 6h da tarde batida de carreta com fusca

Desastre aéreo

Semblante de enforcado

Demissão por justa causa

Ressaca de gim

Indigestão de torresmo

A “imparcialidade” da Justiça brasileira

Facada na bunda

Mulher de cego

Discurso de deputado do PSL

Tombo com as mãos no bolso

Cagar de bruços

Segurança de represa de rejeitos da Vale

Diagnóstico de Aids

A bancada 3 B (do boi, da bala e da bíblia) se impondo aos governos

Ser um lambe-botas do presidente gringo

A fome e a morte

Beijo de Judas

Revolta em presídio

Ser devoto de Olavo de Carvalho

O vocabulário do Bolsonaro

A política social do governo Bolsonaro

A política previdenciária do governo Bolsonaro

A política de Direitos Humanos do governo Bolsonaro

A política ambiental do governo Bolsonaro

A política educacional do governo Bolsonaro

A política cultural do governo Bolsonaro

A política externa do governo Bolsonaro

O governo Bolsonaro

A relação dos Bolsonaros com as milícias

Pensamento de bolsonarista

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum