Blog do Mouzar

#Fórumcast, o podcast da Fórum
03 de junho de 2019, 23h09

Kai-kais

Depois dos “pós-conceitos” e “desaforismos”, Blog do Mouzar publica alguns kai-kais, “desaforismos” imitando haicais

Foto: Reprodução/YouTube

Publiquei aqui, recentemente, uns “pós-conceitos” válidos para os tempos atuais, e depois uns “desaforismos”. Agora, publico uns “kai-kais”, que são uns “desaforismos” imitando haicais. Devo esclarecer que, embora também válidos para os tempos atuais, muitos não são de agora: foram publicados há tempos neste mesmo blog e em outros lugares.

Começo por um que fiz há anos e acho válido para responder àqueles que dizem que temos que torcer para que o atual governo “dê certo”, pois “estamos todos no mesmo barco”. Acho que o “dar certo” para esse governo inclui rumos educacionais, culturais, ambientais e sociais que para mim significam “dar tudo errado”. E estar “no mesmo barco” tem suas relatividades. Então, vamos aos kai-kais:

Na mesma canoa,

Uns remam,

Outros ficam à toa.

***

Tem quem ache certo

Toda a floresta

Virar deserto.

***

A poder de chumbo

Governos bregas

Revelam-se chumbregas

  • • •

Que caráter bélico

Tem o pastor

Que se diz evangélico

***

Político fantástico!

Tem senso ético

Pra lá de elástico

  • • •

Conservador

Despreza o riso

E conserva a dor

***

São Paulo é um cidadão!

Muitos moradores,

É que não são.

***

Lembre-se: habitação

Pode ser barraco,

Não é só mansão

***

Cega justiça!

Sua cegueira

Parece postiça

***

Império do norte

Promete vida

E causa morte

***

Para os devastadores,

O cerrado

É caso encerrado

***

Regime teocrático

É coisa do demo,

Não é democrático

***

Sentindo-se sucata

Morador de rua

Inveja o vira-lata

***

Constituição…

Que gênero mais chato

De ficção!

***

Que horror, Deus do Céu!

O muro de Berlim

Não caiu: foi pra Israel

  • • •

É fundamental

A quem não tem fundamento

Ser fundamentalista

***

Pouco riso

Nem sempre

É muito siso

***

Igreja moralista

Quer mesmo é grana:

É capetalista

***

Banqueiro dos bons

Não morre de amores

Por ladrões amadores

  • • •

CPI radical:

Quem se deu bem

Julga quem se deu mal

  • • •

Cometeu pecados,

O motivo eu sei:

A necessidade não tem lei

  • • •

Filosofia de vida:

Antes de entrar,

Pense na saída

(Todos esses “kai-kais” fazem parte do livro não publicado “Pós-conceitos, desaforismos, kai-kais, preguntas e desditados”)

*Este artigo não reflete, necessariamente, a opinião da Revista Fórum.

Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum