Blog do Mouzar

28 de novembro de 2016, 16h27

A Federação em frangalhos ou… NOVOS TEMPOS, NOVOS NOMES

Há décadas, publiquei no Pasquim – com o título acima – um mapa do Brasil, em que “dei” aos estados nomes mais apropriados. Não tinha sentido manter nomes que soavam fictícios nos estados e territórios, que estavam todos com a corda no pescoço. E não tinha porque, também, diferenciar os estados dos territórios e do […]


+ posts

27 de setembro de 2016, 13h38

Comícios que deixaram saudade

Nestes tempos de eleições municipais, lembro-me de quando tinha 15 anos de idade, em 1962, último ano que vivi em Nova Resende. Logo no início do ano seguinte, vim pra São Paulo. Era um ano de eleições, e lá os dois partidos que concorriam eram o PSD e a UDN. O prefeito, João Silva, era […]


13 de setembro de 2016, 19h11

Será o Movimento dos Sem-Voto?

As eleições para vereador me fazem lembrar a corrida de São Silvestre, em São Paulo. Um monte de gente entra na competição apenas pra aparecer, pra brincar, pra gozar… Quantas pessoas se candidatam a preencher uma das 55 vagas de vereador na Câmara Municipal de São Paulo este ano? Muitas centenas, acredito que milhares. No […]


06 de setembro de 2016, 19h24

Político preparado e outras miudezas

Político preparado Tem político que gosta de se exibir como mais preparado pra exercer qualquer cargo, desqualificando os adversários que segundo eles seriam “despreparados”. Até em eleições municipais há candidatos a prefeito se autopropagandeando como “mais preparados” para governar, mas isso não é de hoje. É coisa antiga. Lá pelos anos 1960, em resposta a […]


29 de agosto de 2016, 14h32

Enfim uma eleição sem corrupção?

Está aí a campanha eleitoral deste ano com uma novidade: a proibição de doação de dinheiro por empresas. Claro que já rola ou ainda vai rolar caixa 2, grana ilegal e outras mutretas (apesar dos temores) mas mesmo assim as campanhas serão menos caras. Os marqueteiros que inventam qualidades para seus candidatos e detonam os […]


23 de agosto de 2016, 14h55

Futebol medalhado e outros mais divertidos

Terminada com sucesso a Olimpíada do Rio, e comemorando o ouro inédito para a seleção brasileira masculina de futebol, vou contar aqui algumas historinhas de jogos de futebol que, amadores de verdade, revelam um lado mais divertido do que antes chamavam de “o viril esporte bretão”. São causos da minha terra, que já publiquei inclusive […]


25 de julho de 2016, 21h44

Brasil: nos tempos do Já Era!

No texto anterior que publiquei aqui (“A atualidade é velha”), listei “desaforismos” (aforismos um tanto desaforados) sobre a realidade política, econômica e social do Brasil hoje. E ameacei continuar! Pois, cumpro a minha palavra. Aí vão mais alguns “desaforismos”. Mas vou além, publicando também alguns “pós-conceitos, preguntas e kai-kais” extraídos de um livro que não […]


12 de julho de 2016, 14h46

A atualidade é velha

Conversando sobre as prisões de grandes empresários e políticos investigados pela Operação Lava Jato, o que é uma grande novidade no Brasil, falei sem pensar: “Mas em alguns casos, o Moro é mais moroso”. “No caso de políticos tucanos, então, nem moroso é”, alguém disse. “As acusações ficam no limbo”. Fora isso, prisão de empresários […]


03 de julho de 2016, 16h29

Otários e fedorentos

Dias atrás foi notícia em todo mundo a história de um menino que brincava na beira de um lago em Orlando, na Flórida, e foi pego e morto por um jacaré, quer dizer, lá o nome é outro, aligátor. Jacaré é um nome tupi, significa, o que olha de lado. Os gringos chamam esse animal […]


24 de junho de 2016, 11h50

Faíscas verbais

Acabei de ler o livro “Faíscas verbais: a genialidade na ponta da língua”, do Márcio Bueno, um jornalista apaixonado pelas palavras, que por sinal já publicou um outro livro muito interessante, “A origem curiosa das palavras”. Ah, além disso ele é meu amigo e quase conterrâneo. Nasceu em Muzambinho, cidade mineira vizinha a Nova Resende. […]


02 de junho de 2016, 14h09

Sonhos ou delírios políticos?

Mexendo em papéis velhos, achei um folheto impresso há mais de trinta anos, que mexeu com minha memória. Em 1985, quando se anunciava a eleição para criar uma Assembleia Nacional Constituinte havia muitas discussões sobre a Constituição que a gente queria. Era um tempo de muita agitação. E de esperança, apesar do fim da ditadura […]


19 de maio de 2016, 19h02

Boris Schnaiderman

Vi nos jornais a notícia da morte de Boris Schnaiderman, aos 99 anos de idade. “Tradutor e escritor”, diz a matéria na Folha, “pioneiro na tradução da literatura russa”. Era isso mesmo, e muito mais. Nascido na Ucrânia, veio ainda criança para o Brasil, lutou contra o fascismo pela FEB, na Itália, na Segunda Guerra […]