Blog do Mouzar

Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
31 de outubro de 2011, 14h51

Podres poderes, podres deveres…

Poder Legislativo, Poder Executivo e Poder Judiciário: estão aí as raízes do mal, andei pensando.

Pensem comigo sobre a palavra “poder” nesse contexto:

O Poder Legislativo tem o poder de legislar. Quer dizer, ele “pode” legislar. O Poder Executivo, assim, “pode” executar. E Poder Judiciário “pode” fazer Justiça.

Ou seja: eles podem, mas só fazem se quiserem.

O Poder Legislativo “pode”, mas não legisla. A gente vê o que acontece no Legislativo e nota que deputados e senadores mais parecem delegados de polícia e juízes, passam a maior parte do tempo investigando crimes e mutretas. Fazem interrogatórios e julgam o tempo todo. Legislar fica para um segundo plano.

Um político pego com a mão na massa é investigado, julgado – não pelo Judiciário, mas pelo Legislativo – e às vezes substituído por outro igualmente suspeito, assim como parecem ser todos os políticos, dado o volume de escândalos cotidianos.

Bom, assim como no Legislativo, o Executivo “pode” executar as coisas que deve, mas se não quiser, não executa, pois ele apenas “pode”. E também o Judiciário “pode” fazer Justiça, mas pra começar, tem o sintomático “pode”, que significaria fazer isso se quiser.

Tanto que a gente vê a Justiça faz o que pode contra uns e não faz nada contra outros.

E fora isso, tem o seguinte: as leis que o Judiciário usa são feitas por quem? São justas?

Quá quá quá!

Para começar, tem aquele velho ditado: “Lei, ora lei”. E tem aquela máxima também: “Para os amigos, tudo. Para os inimigos, a lei”.

Como mudar tudo isso?

De início, pensei que deveríamos substituir a palavra Poder por Dever: o Legislativo “deve” legislar, o Executivo “deve” executar e o Judiciário “deve” fazer Justiça.

Mas o problema não seria solucionado: quantos políticos e juízes fazem o que “devem”?

Mais outra proposta: nem “Poder” nem “Dever”, e sim “têm obrigação”.

Assim, em vez de Poder Legislativo etc., teríamos o “Tem Obrigação Legislativo”, o “Tem Obrigação Executivo” e o “Tem Obrigação Judiciário”. O Legislativo “Tem Obrigação” de legislar. O Executivo “Tem Obrigação de Executar” e o Judiciário “Tem Obrigação” de fazer justiça.

Mas… Esse pessoal cumpre a obrigação?

Estamos no mato sem cachorro.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum