Blog do Rovai

19 de dezembro de 2010, 21h44

A esquizofrenia da Folha e a mudança de postura do PIG

O jornal Folha de S. Paulo passou os 8 anos do governo Lula tratando-o quase como um líder de quadrilha. É curioso ler um editorial na edição de hoje, cujo trecho final é:

Apesar das ressalvas, o presidente Lula deixa o governo como estadista democrático que honrou boa parte dos compromissos assumidos numa trajetória épica.

Não me parece um parágrafo solto. Junte a ele a demissão com jeito de auto-afastamento do Mainardi da Veja e a introdução por parte dos veículos comerciais de novos personagens para o debate público.

Agora, quem tem aparecido para falar pelo lado de lá é o professor e jornalista Eugênio Bucci, por exemplo.

Acho que eles sentiram um cheiro de queimado e resolveram fazer o que Lenin ensinou num dos seus textos clássicos, recuar pra, quiça, depois avançar.

São movimentos iniciais que podem mudar a cena da cobertura jornalística nos próximos anos. Ainda não dá para dizer que isso vai ter consequências, mas vale a pena ficar atento.

Veja também:  Desembargador do TRF-4 permite que Gleisi atue como advogada de Lula

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum