Blog do Rovai

13 de fevereiro de 2017, 18h56

Doria responde matéria do blog em site porta-voz: O Antagonista

No dia 28 de janeiro foi publicado aqui no blogue um texto sobre a entrevista histórica feita pelo então apresentador do Show Business, João Doria Jr, com o empresário preso pela Lava Jato, Eike Batista. Foi destacada aqui as relações amistosas que o atual prefeito da capital paulista tinha com Eike e com Sérgio Cabral (ex-governador do Rio de Janeiro que também foi preso pela Lava Jato) e a admiração que o tucano nutria pelos dois.

“O Rio é do Brasil e o Eike também é do Brasil!”, disse Doria ao longo do bate-papo recheado de elogios ao até então homem mais rico do Brasil. Na conversa, o prefeito de São Paulo revela ainda que é amigo de Cabral desde menino.

O post repercutiu e foi reproduzido por inúmeros sites, blogs e portais. O tucano, no entanto, passou dias e dias em silêncio com relação ao caso e não veio a público esclarecer suas relações de amizade com os acusados de corrupção. Até, ao menos, a tarde desta segunda-feira (13).

Doria resolveu responder aos apontamentos do blogue não diretamente ao blogue, mas ao site O Antagonista, de Diogo Mainardi e Mário Sabino.

O site foi criado em janeiro de 2015 como uma das primeiras iniciativas pós-eleição de Dilma Rousseff para criar a onda do impeachment. Essencialmente de direita, o site foi um dos que, com inverdades, estimulou o levante contra a ex-presidenta e chamou os paneleiros às ruas “contra a corrupção”.

“O tempo é o senhor do destino”, disse Doria ao site. O ex-prefeito se limitou a dizer que, na época da entrevista em questão, não sabia dos atos ilícitos dos dois amigos que, agora, aparentemente, são “ex-amigos”.

A resposta de Doria pode ser conferida aqui.

 


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum