Blog do Rovai

03 de agosto de 2018, 11h08

Luciana Santos e não Manuela D’Ávila pode ser a vice de Lula

Começa a ganhar força o nome da deputada federal, ex-prefeita de Olinda e atual presidenta do PCdoB, Luciana Santos.

O PT e o PCdoB estão próximos de um acordo para fechar uma aliança formal. Neste momento, só alguns detalhes separam o casamento no papel dos dois partidos.

O primeiro, é que ainda há um fiapo de esperança de um acordo com Ciro Gomes. Mas é quase unanimidade que isso é muito difícil de acontecer.

O segundo, é que o PCdoB quer a vice de Lula e o PT não tem problemas em ceder a vaga, mas não sabe como resolver isso enquanto o ex-presidente não fechar o nome que vai substitui-lo se porventura for impedido de disputar.

A avaliação petista é que se o candidato for Lula mesmo, Manuela seria um bom nome. Se for Jaques Wagner, também.

Mas se Haddad vier a substitui-lo, não.

Neste caso, a vice (a preferência é que seja uma mulher) deveria vir do Nordeste.

E começa a ganhar força o nome da deputada federal, ex-prefeita de Olinda e atual presidenta do PCdoB, Luciana Santos.

O PT vai insistir em registrar o vice até o dia 14 de agosto, mas isso será definido nos próximos dias. Já que há um entendimento que pode ser arriscado não fazê-lo até o dia 6.

Veja também:  Em referência à nova leva da Vaza Jato, defesa de Lula cita abuso de autoridade e "conspiração"

Este final de semana será divertido. Muita água vai rolar por debaixo da ponte. Mas a novidade é que Luciana Santos entrou como uma nova carta no baralho das chapas majoritárias.

Há mais uma questão nisso tudo, ela estava pronta pra ser a vice de Paulo Câmara (PSB) em Pernambuco. Se Marília Arraes aceitasse ser vice de Câmara e ela vice de Haddad, a questão local do estado também se resolveria.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum