Presos políticos iniciam greve de fome

Presos políticos da Penitenciária Nacional de San Isidro, em Popayán, iniciaram, esta semana, uma jornada de desobediência civil e greve de fome para denunciar as condições em que se encontram. Problemas em relação à saúde, aos castigos impostos em nome do código disciplinar do Instituto Nacional Penitenciário da Colômbia (Inpec) e alimentação. No início do […]

Presos políticos da Penitenciária Nacional de San Isidro, em Popayán, iniciaram, esta semana, uma jornada de desobediência civil e greve de fome para denunciar as condições em que se encontram. Problemas em relação à saúde, aos castigos impostos em nome do código disciplinar do Instituto Nacional Penitenciário da Colômbia (Inpec) e alimentação.

No início do ano, os presos reclusos na penitenciária, formaram uma delegação para apresentar ante a direção do centro penitenciário às reivindicações do grupo. Entre os pontos levados para a discussão estão: escritório jurídico, o sistema de saúde para os detidos e o tratamento a pessoas com HIV/Aids, má alimentação, obtenção de rádios, revistas e periódicos, o mal estado dos telefones para comunicarem-se com as famílias, instalação de mesa de trabalho, entre outros.

Leia mais no portal Adital

Avatar de Renato Rovai

Renato Rovai

Jornalista, mestre em Comunicação pela ECA/USP e doutor pela UFABC. Mantém o Blog do Rovai. É editor da Fórum.