Blog do Rovai

O que o brasileiro pensa?
07 de abril de 2019, 12h00

De Luis Inácio a Lula Livre, o Brasil em amor e ódio

Lula Livre agora é seu nome, Luis Inácio. E a dor desta prisão injusta deve lhe cortar a carne todos os dias. Mas você é a liberdade de muitos que também estão presos de forma injusta neste país, que estão sendo assassinados covardemente por setores das forças policiais que se misturam com as milicias. E você também é um pouco Marielle, Lula. Por isso o Brasil precisa tanto de você

Lula e o editor da Fórum, Renato Rovai (Arquivo)

Hoje faz um ano que Lula saiu do Sindicato do Metalúrgicos do ABC para a masmorra de Curitiba. Naquela manhã fechava-se um ciclo de uma história que muitos suspeitavam. O golpe contra Dilma não fechava um ciclo. O próximo lance seria a impugnação de Lula como candidato em 2018 e sua prisão.

Não eram muitos, mas também não eram poucos os que apontavam este caminho como o roteiro do lavajatismo. Uma articulação que começou no judiciário, mas que teve imenso apoio da mídia, de grupos evangélicos (quantos pastores políticos corruptos foram presos?), da PF, e que fechou um acordo com o mercado e as Forças Armadas em torno da candidatura de Jair Bolsonaro.

Quem vê hoje a desenvoltura de Sérgio Moro na condição de funcionário de Bolsonaro, como bem registrou Rodrigo Maia, não consegue imaginar que foi este o senhor que prendeu Lula, o presidente cuja avaliação ao final de dois mandatos bateu em 87% de ótimo e bom.

Moro prendeu um dos maiores líderes mundiais da esquerda do pós-guerra por conta de uma visita que ele fez a um apartamento que não comprou. Mas como diria vó Conceição, não adianta chorar o leite derramado. Isso é fato consumado. É necessário enfrentar o bicho do jeito que ele é. Não adianta tentar torná-lo do jeito que a gente gostaria que fosse.

A democracia no Brasil foi sequestrada e há um ano o sapo barbudo tá lá na masmorra de Curitiba. Naquela cidade fria e inóspita, que não tem cara de Brasil, e onde ele teve que enfrentar sozinho a dor das notícias da morte de um irmão e de um neto. O velho Lula segurou a onda mesmo na imensa dor. Se negou a ir velar o irmão num quartel do exército e disse que só sairia de sua cela se fosse para ver o neto no local do velório. Tiveram que atendê-lo.

Mas por que Lula está preso? Por que Lula é uma história de amor e ódio do Brasil. Ele encarna o país em todas as suas dimensões e tensões. E mesmo tendo sido por um período o Lulinha paz e amor isso não o impediu de ser vítima deste amor e ódio que nos impedem de ser uma nação.

Há um Brasil que odeia o país real. Que se sente mais Miami do que Teresina. Que adora ter elevador social para não se misturar. Que gosta mesmo é de shopping com gente bonita e por isso não vê nada demais em duas branquelas fedelhas humilharem um negro que está limpando o chão.

Há um Brasil que se enrola na bandeira verde amarela e que sai gritando “we are the champions”.

Este Brasil quer Lula morto. Não livre.

E é ele que tem ganhado as últimas batalhas. Com o apoio cego de uma parte do povo que vai pagar o preço desta destrambelhada loucura.

Sim, há uma loucura viva em torno do ódio a Lula. Algo que não se explica racionalmente, mas que é Brasil. É a loucura viva de um país que, tutelado pela sua elite escravocrata e pelos interesses americanos, sempre teve muita dificuldade em se livrar do transe.

O menino Luis Inácio conheceu uma dimensão disso, o Lula que viveu a ditadura em SBC outra e depois foi conhecendo várias destas faces até chegar em 2003 à presidência. Um feito inacreditável porque rompia algo que tinha gosto de impossível. O Brasil se permitiu viver sob a condução de um político de esquerda com origem social absolutamente distinta do país que odeia Lula por odiar o povo com o qual ele se parece.

Lula Livre agora é seu nome, Luis Inácio. E a dor desta prisão injusta deve lhe cortar a carne todos os dias. Mas você é a liberdade de muitos que também estão presos de forma injusta neste país, que estão sendo assassinados covardemente por setores das forças policiais que se misturam com as milicias. E você também é um pouco Marielle, Lula. Por isso o Brasil precisa tanto de você.

A situação não tá boa e infelizmente esse país que é você ainda vai comer por um certo tempo o pão que o diabo amassou.

Mas em tempos de internet, as coisas vão e vêm de forma mais rápida. O tempo corre mais rápido. E às vezes nos surpreendemos.

Lula Livre, se cuida. Porque você ainda tem um papel a cumprir neste romance histórico chamado Brasil. Você é muitos personagens e a própria história. E por isso também é tanto amor e tanto ódio. Não adianta disfarçar a ação do ódio. Ela precisa ser reconhecida e superada.

Lula, paz, amor e força. A gente daqui vai continuar lutando para retomar o Estado democrático. E isso passa por te tirar daí. Lula Livre Brasil.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum