Blog do Rovai

Fuga em massa de presídios pode ser armadilha para golpe de Bolsonaro

Gerar uma crise de violência neste momento, pode fazer com que parte da população peça o controle total das Forças Armadas.

Compartilhar

Quem está por trás da fuga em massa de presídios de São Paulo? O PCC? Se isso for verdade significa que o grupo comanda com mãos de ferro as prisões de São Paulo. É algo gravíssimo, mas muito estranho.

Se isso não for verdade, um locaute de policiais e carcereiros estaria por trás do movimento. Ou seja, eles organizaram as fugas.

Mas com que objetivo fariam isso? Por que policias e carcereiros liberariam presidiários num momento desses? Estariam preocupados com a situação desses brasileiros que ficam amontoados em condições subumanas e com os riscos que ele correriam com a disseminação do Coronavírus?

Não parece algo lógico.

Sendo assim, o que parece é haver um movimento por trás dessas fugas que ainda não está claro. Mas que interessa pouco ao governador João Dória e muito a alguém que possa vir a intervir no Estado de São Paulo se a situação se agravar. Ele mesmo, o presidente da República Jair Bolsonaro.

Exatamente no momento em que está todo mundo preocupado com a saúde pública, Bolsonaro pode estar articulando a modulação de um regime de força para que ele tenha muito mais poder. Com a colaboração de estruturas policiais.

Gerar uma crise de violência neste momento, pode fazer com que parte da população peça o controle total do país pelas Forças Armadas.

Isso pode fazer com que o obscurantista ministro da Justiça Sérgio Moro encaminhe ao Congresso uma proposta de Estado de Defesa, mais popularmente conhecido por Estado de Sítio. Onde os direitos vão todos para a casa do chapéu, como diria o velho.

O Congresso ficaria numa situação complicada para negar o Estado de Defesa ao governo federal, já que com presos soltos nas ruas e o Coronavírus se espalhando em velocidade geométrica, haveria um clamor popular por ordem. Viesse de onde ela viesse.

O que está claro é que essa fuga de presos em São Paulo é mais surpreendente do que a disseminação do Coronavírus. E se ela não for controlada rapidamente, algo muito pior pode vir.

Não desconsideraria a hipótese de o governo Bolsonaro estar por trás disso se fosse o governador João Dória. E se fosse ele, reagiria imediatamente se soubesse de qualquer coisa neste sentido.

Dória precisa falar rapidamente. E agir.

Este post foi modificado pela última vez em 16 mar 2020 - 21:15 21:15

Renato Rovai

Jornalista, mestre em Comunicação pela ECA/USP e doutor pela UFABC. Mantém o Blog do Rovai. É editor da Fórum.

Por
Renato Rovai

Última hora

  • Brasil

Polícia Federal quer usar dados de milícias digitais em inquérito de Renan Bolsonaro

Investigação aponta conexão de sócio do filho mais novo do presidente com grupos radicais e…

7 dez 2021 - 18:18
  • Brasil

Allan dos Santos: Servidores dizem à PF que foram pressionados no caso da extradição

O blogueiro bolsonarista fugiu para os Estados Unidos, com auxílio de Eduardo Bolsonaro, depois que…

7 dez 2021 - 18:12
  • Política

Impeachment de Bolsonaro: Miguel Reale Jr. assina novo pedido

Jurista é o mesmo que assinou pedido de impeachment de Dilma Rousseff; nova peça será…

7 dez 2021 - 18:02
  • Brasil

Censura de prefeito de Rio Branco (AC) a Papai Noel gay será investigada pelo MPF

O bolsonarista Tião Bocalom (PSL) diz que vetou musical porque “quer respeito com a nossa…

7 dez 2021 - 17:14
  • Global

Bolsonaro ganha votação de “personalidade do ano” da Time após mutirão de apoiadores

O próprio Bolsonaro chegou a pedir votos de apoiadores em live; decisão final sobre "personalidade…

7 dez 2021 - 17:10
  • Brasil

Bolsonaro ataca Anvisa por recomendações sanitárias: “De novo, p…?”

Declaração sobre restrições para viajantes foi feita um dia após Bolsonaro ser cobrado pelo STF…

7 dez 2021 - 16:27