Blog do Rovai

O que o brasileiro pensa?
08 de julho de 2020, 18h03

General Heleno, faça como o Raul, tente outra vez….

Leia no Blog do Rovai: O tuíte de Heleno tem como único objetivo difamar a publicação, crítica ao governo Bolsonaro, do qual o general faz parte. E tentar tornar Fórum o outro lado da moeda do lixo digital produzido pelo bolsonarismo. Não, general, ficou feio.

Augusto Heleno e o dono do perfil que foi alvo de operação da PF

O ministro general Augusto Heleno, do Gabinete de Segurança Institucional, fez uma publicação nesta quarta-feira (8) classificando como fake news uma matéria publicada pela Fórum. Nem antes e nem depois dessa publicação ele entrou em contato com a redação.

Acontece que a informação de que o ministro Augusto Heleno se encontrou com Leonardo Rodrigues de Barros Neto, que foi um dos alvos de recente operação PF, foi publicada no Uol, em 29 de maio. E não foi negada pela assessoria de Heleno na data da publicação da reportagem.

Segundo o UOL, os dois se encontraram em um evento recente e tiraram uma selfie – demonstrando fácil acesso de Barros Neto a um ministro de Estado. A imagem foi publicada no dia 26 de maio no perfil @bolsoneas, de Barros Neto.

Esse mesmo Barros Neto foi alvo de operação da PF determinada pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF. Heleno confirma que a foto é dele, mas “não se recorda onde ela foi batida”. Dessa maneira, Heleno não negou que o encontro foi recente. E não negou a foto.

Barros Neto é ex-assessor da deputada Alana Passos (PSL-RJ) na Alerj e teve seus perfis @bolsoneas e @leobolsoneas suspensos na terça-feira (7) pelo Twitter. Bolsoneas aparece em diagramas de Moraes que mostram complexo esquema de disseminação de notícias falsas.

General Heleno só atacou a Fórum. E não respondeu nada acerca disso. Vale destacar que a Fórum possui diversos canais para comunicação de erros. Entre eles, tem um botão em todas as matérias. Além disso, na seção “contato” do site, há telefone e e-mails da Redação.

E Fórum ainda dispõe ainda de um serviço inédito na mídia brasileira: uma Ouvidoria. Pelo e-mail ouvidoria@revistaforum.com.br ou pela hashtag #OuvidoriaFórum, o @gen_heleno poderia ter feito sua reclamação. Mas não o fez. Sabem por quê?

Porque seu tuíte tem como único objetivo difamar a publicação, crítica ao governo Bolsonaro, do qual o general faz parte. E tentar tornar Fórum o outro lado da moeda do lixo digital produzido pelo bolsonarismo. Não, general, ficou feio. Como diria Raul Seixas, tente outra vez!


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum