Blog do Rovai

07 de agosto de 2019, 18h12

Lula em Curitiba e os raios de luz que surgem na escuridão em uma derrota histórica da Lava Jato

A Vaza Jato começa a mudar a situação jurídica no Brasil. A República de Curitiba foi desmascarada e só os canalhas  e burros demais se manterão associados a eles.

Foto: Ricardo Stuckert

Não foi um 7 a 1, mas um 10 a 1. Sendo que o 1 é o Marco Aurélio Mello, que não votou contra. Mas que entendeu que o recurso do HC deveria ter sido impetrado no TRF-4. No mérito, provavelmente seria 11 a 0.

Mas não foi só isso. Raquel Dodge indicou a favor de Lula em Curitiba e contra a decisão da excelentíssima Lebbos. A juíza que recebe Moro sem necessidade de baticumbum.

Ela foi humilhada no Supremo hoje. Na verdade ela não era a Lebbos, mas a entidade que assume o controle do teclado quando toma decisões. Ela era Moro. Foi ele que os ministros julgaram. Ele e Dallagnol.

O STF e mesmo a PGR deram um claro recado aos conluio da Lava Jato no dia de hoje. Não será mais do jeito que sempre foi.

A Vaza Jato começa a mudar a situação jurídica no Brasil. A República de Curitiba foi desmascarada e só os canalhas  e burros demais se manterão associados a eles.

O disco virou. E se de fato o tal hacker de Araraquara tem algo a ver com isso ele merece uma estátua ao lado do Cristo Redentor. Porque o Brasil está afundando numa ditadura e perdendo todas as suas riquezas. E essa vitória de hoje pode ser (e tomara que seja) prenúncio de um novo tempo. Ele não virá de uma única vez. Mas já aparecem raios de luz na escuridão.

Veja também:  A desigualdade social e a criminalização dos movimentos populares

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum