Clara Averbuck

Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
20 de janeiro de 2020, 18h34

Mamãe Falei, o liberalzinho que bate… com a esquerda

Eis que estava em Santos, na casa dos meus, falando de política e bebendo meu vinhozinho enquanto as crianças corriam e os navios buzinavam no porto.
Quem trabalha em site sabe: ficamos sempre com um olho na vida e outro nas pautas, e apareceu o grandecíssimo bundão Arthur Mole do Val chamando Marcelo D2 para a porrada e dizendo que ele era “machinho de twitter”, que na vida real isso e aquilo blablabla homenzinho cantando de galo.

Homenzinho este que já levou porrada em vários protestos. De mulher mesmo. De homem. De velho. De adolescente.

E também de petista, de gente do PCO e de anarquista. Tem um vídeo de 6 minutos no YouTube só com ele “apanhando porque questionou”. Na verdade ele apanhou pra se vitimizar, claramente, e dizer que foi por falta de argumentos.

Essa figura abjeta, YouTuber de um canal vergonhoso e cheio de views, como muitos, foi o segundo deputado mais votado de SP. Não é inacreditável porque né, olha a LAMA na qual estamos chafurdando, olha esse governo simpatizante do nazismo, olha a Regina Duarte fazendo estágio em alto escalão do Governo Federal, olha a merda. Mamãe Falhei é o reflexo perfeito destes tempos escrotos, com um canal liberalzinho cheio de informações delirantes saídas de sua boca com zero lábios – gosto de chamar de Moro Lips.

Bom, já que ele é tão corajoso pra chamar o Marcelo D2 pra porrada e cantou de galo e tudo mais, e seguindo os desejos do meu coração de enfiar a porrada em fascistinha metido, também chamei pra briga.Ué. É esse o nível, né? Então vamos.

Depois me arrependi. Não porque sou pacifista ou porque os incels bolsominions seguidores dele ficaram tentando me atingir de alguma forma – nem isso eles conseguem, é sempre boba feia feminista aborteira etc – mas porque unhas de poligel custam caro e não vale a pena quebrar num homenzinho de merda.

Mamãe Falei foi até meu Instagram, assistiu um vídeo INTEIRO de pole dance (além de jornalista e escritora eu sou pole dancer) e printou a minha bunda numa tentativa de sei lá? Tirar meu crédito com seus seguidores? Jogar pra torcida? Expor meu corpo? Amado, eu mesma faço isso. É um poder que ninguém jamais vai ter. Eu sem roupa não sou novidade alguma e não tenho vergonha. Me chamar de feia também não cola, primeiro porque foda-se sua opinião, segundo porque minha auto estima vive na lua.

Eu realmente não me importo com esse tipo de coisa, aliás, sei que estou plena na saúde mental (dentro do possível nessa época trevosa) quando estou apta a comprar tretas. Mesmo que idiotas. É idiota, eu sei, mas cansa demais a alma saber que esse tipo de pessoa, ESSE tipo de narrativa tosca é o que elege gente. E é aquilo, minha gente, fascismo não se discute, se destrói. Mas é uma tática babaca e machista que funciona, sim, pra derrubar muitas mulheres. Eu é que já sou vacinada. Se alguém duvidava da cretinice desse sujeito, agora pode adicionar mais uma idiotice: tentou oprimir mulher (que sim, chamou ele pra porrada) usando o corpo dela.

Depois de assistir um vídeo inteiro de pole dance. Risos, liberalzinho otário. Parece que a única coisa que ele bate é punheta mesmo. Pelo que tudo indica, com a esquerda. E segue sendo um bundão maior que a minha raba.

 

Ah, e “traveco” não me ofende, só escancara a sua transfobia.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum