A questão do Gênero no Jornalismo Impresso

A questão dos gêneros no jornalismo impresso vem sendo discutida a muito no Brasil, mas não com a devida intensidade que o tema merece. Poucos teóricos têm se aventurado neste terreno. Nomes como Luiz Beltrão, Marques de Melo, Manuel Chaparro, se destacam com obras que delinearam os estudos neste campo. O presente trabalho apresenta uma […]

A questão dos gêneros no jornalismo impresso vem sendo discutida a muito no Brasil, mas não com a devida intensidade que o tema merece. Poucos teóricos têm se aventurado neste terreno. Nomes como Luiz Beltrão, Marques de Melo, Manuel Chaparro, se destacam com obras que delinearam os estudos neste campo.

O presente trabalho apresenta uma pesquisa quantitativa realizada nos jornais impressos a Folha de S. Paulo e o Estado de S. Paulo em uma única edição. Os parâmetros da pesquisa seguem os direcionamentos de Marques de Melo (1972), aplicados na disciplina de Comunicação Comparada do curso de Jornalismo das Faculdades Integradas de Fernandópolis.

Para ter acesso ao texto completo envie um e-mail para: [email protected]

Avatar de Francisco Machado Filho

Francisco Machado Filho

Francisco Filho é professor Dr. da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP - Campus de Bauru-SP no curso de Jornalismo. Possui graduação em Radio e TV pela FAESA/ES, Mestrado em Mida e Cultura pela UNIMAR/SP e Doutorado em Comunicação Social pela UMESP/SP. Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Televisão digital, atuando principalmente nos seguintes temas: TV Digital, Mídias Digitais e internet e modelo de negócios para TV aberta.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR