A TV Digital será mesmo interativa?

O presente artigo analisa a possibilidade do espectador da TV Digital em montar suaprópria grade de programação como sendo uma possibilidade de interatividade, mesmoque o conteúdo das emissoras seja disposto hierarquicamente ao receptor. Para tanto,analisa a interatividade dentro dos parâmetros apresentados por Santaella (2004) e seutiliza das bases teóricas da Estética da Recepção onde a […]

O presente artigo analisa a possibilidade do espectador da TV Digital em montar sua
própria grade de programação como sendo uma possibilidade de interatividade, mesmo
que o conteúdo das emissoras seja disposto hierarquicamente ao receptor. Para tanto,
analisa a interatividade dentro dos parâmetros apresentados por Santaella (2004) e se
utiliza das bases teóricas da Estética da Recepção onde a construção de estruturas
narrativas se da no ato da leitura, tanto de textos ou imagens.

Artigo apresentado no congresso da Intercom – Santos – 29 de agosto a 02 de stembro de 09
Para ter acesso ao texto completo, envie um e-mail para [email protected]

Avatar de Francisco Machado Filho

Francisco Machado Filho

Francisco Filho é professor Dr. da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP - Campus de Bauru-SP no curso de Jornalismo. Possui graduação em Radio e TV pela FAESA/ES, Mestrado em Mida e Cultura pela UNIMAR/SP e Doutorado em Comunicação Social pela UMESP/SP. Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Televisão digital, atuando principalmente nos seguintes temas: TV Digital, Mídias Digitais e internet e modelo de negócios para TV aberta.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR