Fala que eu discuto

Lelê Teles Formado pela Universidade de Brasília, Lelê Teles é jornalista, roteirista e publicitário. É roteirista do programa Estação Periferia (TV Brasil) e da série De Quebrada em Quebrada (Prodav 09). Sua novela, Lagoas, foi premiada na Primeira Bienal de Cultura da UNE. Discípulo do Mestre Cafuna, prega o cafunismo, que é um lenitivo para a midiotia e cura para os midiotas.

Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
19 de outubro de 2016, 17h26

MORO, MAIS UMA VEZ, PROTEGE CUNHA

MORO, MAIS UMA VEZ, PROTEGE CUNHA.
 
o juiz sérgio moro, cuja batata já está assando – mirai no exemplo de barbosa – , mostrou mais uma vez que sua obsessão é Lula da Silva.
 
ele e somente ele.
 
moro, veloz como uma raposa ao avançar sobre qualquer pessoa próxima de Lula, demorou um ano para encontrar cláudia cruz em casa e quando o fez…
 
mandou um funcionário público, pago com grana minha, para lhe devolver os passaportes.
 
veja que mimo.
 
ela continua livre, leve e solta, com o zóião arregalado e comprando sapatos de 5 mil lascas.
 
num é de lascar?
 
houve um tempo em que cunha andava por aí frio e sorridente, fazendo negócios escusos às escâncaras – chegou a anunciar a construção de um shopping, na câmara, pra mulher dele bater perna e bater bolsa.
 
todos queriam andar na mesma calçada que ele.
 
talibânico, arauto das pautas-bomba, prometeu dinamitar e dinamitou o governo dilma.
 
só pela ameça ele já mereceu o honraria de herói da mídia; o que fez dele, automaticamente, um herói nacional.
 
faixas se multiplicavam nas ruas e nas redes: somos todos cunha.
 
meu cunhado cunhou nesse tempo, descunhou agora, depois da queda do gigante dos pés de barro.
 
depois de feito o jogo sujo do poder, de servir como uma marionete da grande mídia, cunha foi lançado à própria sorte.
 
hoje caminha curvado, cabisbaixo, lábios contritos, olhos semi cerrados, remoendo o passado que passou.
 
ao passar pelas ruas, agora, todos mudam de calçada. os que esbarram com ele passaram a agredi-lo.
 
primeiro verbalmente; depois, fisicamente.
 
persona non grata, ex-cunhas, ou descunhados – e progressistas em geral – ameaçam seguir o exemplo da moça que lhe deu umas sapatadas outro dia.
 
tudo indica que teria o mesmo fim que o Gaddaffi.
 
foi aí que moro percebeu que precisava defendê-lo da liberdade e, então, o prendeu.
 
pra ele a prisão não será o mesmo fardo que está sendo para dirceu; oxalá não tenhamos aí dois presos e duas medidas.
 
certeza que cláudia cruz poderá ir visitá-lo quando bem quiser e lhe levar talheres de prata e guardanapos de seda para ele comer as xepas que virão de algum restaurante gran fino.
 
não há o que comemorar, cunha voltou para a liberdade.
 
cunha-cadeiapalavras da salvação

Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags