Blogs

No rastro do óleo do Nordeste
20 de maio de 2019, 09h04

Fantástico, da Globo, critica duramente Bolsonaro e Joice Hasselmann em quadro de humor

A emissora mostrou repetidas vezes vídeo onde Bolsonaro pergunta para um oriental: “tudo pequenininho aí?”. A cena é alternada com os baixos índices do governo

Foto: Reprodução

O quadro de humor do Fantástico, da Globo, “Isso a Globo Não Mostra”, que foi ao ar neste domingo, fez duras críticas tanto ao presidente Jair Bolsonaro (PSL-RJ), quanto à deputada Joice Hasselmann (PSL-SP).

No caso de Bolsonaro, a emissora mostrou repetidas vezes vídeo onde ele pergunta em tom de galhofa para um oriental: “tudo pequenininho aí?”. A cena é sempre alternada com matérias jornalísticas sobre a queda da popularidade de Bolsonaro, a previsão de queda do PIB e baixos índices econômicos.

Bolsonaro ainda é mostrado chamando os estudantes que se manifestaram na última quarta-feira (15) de ‘idiotas úteis’ que não sabem a fórmula da água. Assim que acaba a sua fala, entra uma cena de novela com a atriz Júlia Lemmertz perguntando espantada: “Ele disse isso mesmo? Não acredito!”

Já com Joice Hasselmann, o programa mostrou fala da líder do governo na Câmara afirmando que “não tem como você fazer diálogo com gente que está na rua gritando, que tá na rua esperneando, xingando o governo. Isso não é diálogo, isso e baderna”.

O vídeo é alternado com a própria Hasselmann gritando alterada em um comício contra o governo de Dilma Rousseff.

O quadro de humor do Fantástico “Isso a Globo Não Mostra”, tem o objetivo, de acordo com a emissora, de mostrar “as notícias da semana tratadas de uma forma leve, além de brincadeiras com cenas exibidas na programação da TV Globo”.

Em outras cenas do quadro, sempre são mostrados participantes ‘pagando mico’ diante das câmeras.

Veja o vídeo aqui.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum